GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Retrato Falado: Walter White, de “Breaking Bad”

Com a intenção de garantir o futuro da família, este professor de química  (1961-2013)  acabou construindo um império de drogas na série

Walter White Walter White

ILUSTRA Camaleão

Com a intenção de garantir o futuro da família, este professor de química(1961-2013)acabou construindo um império de drogas na sérieBreaking Bad

1. O homem de família

Walter White era um professor de química – até descobrir que tinha câncer nos pulmões, doença terminal. Preocupado em garantir o futuro de sua mulher, Skyler, e de seu filho, Walt Jr., White se juntou ao jovem Jesse Pinkman, seu ex-aluno. Compraram um trailer, onde começaram a cozinhar metanfetamina

2. O químico

Por seu vasto conhecimento em ciência,White foi capaz de criar uma receita inusitada: seus cristais de metanfetamina eram azuis, e a droga atingia um impressionante nível de pureza, de quase 100%. Enquanto White se esforçava para conciliar a vida em família e produzir a droga, Jesse era responsável por distribuir o produto

3. O assassino

Sob o pseudônimo de Heisenberg,White não media esforços para alcançar seus objetivos. Responsável por mais de 20 mortes, não costumava sujar as mãos. Preferia matar com estilo e tinha um certo carinho pela ricina, veneno poderoso e indetectável. Ele escondeu a substância no maço de cigarros e a usou algumas vezes

4. O chefão

White logo esqueceu que deveria apenas garantir o futuro da família, como era o plano inicial, e tomou gosto pelo negócio ilegal. E ai de quem o ameaçasse: deu um telefonema e ordenou que nove detentos fossem mortos, em prisões diferentes, em um intervalo de dois minutos. Bem ao estilo O Poderoso Chefão

+ Retrato Falado: Charles Sobhraj, o Assassino do Biquíni

+ Retrato Falado: Tamerlão, o sanguinário imperador mongol

5. O cuidadoso

Assim como era inteligente no laboratório,White era esperto nos crimes. Era perspicaz o suficiente para não deixar rastros por aí (tomava cuidado em dobro, pois seu cunhado, Hank, era policial e trabalhava no esquadrão antidrogas). No começo da carreira como traficante,White e Jesse usaram ácido fluorídrico para dissolver corpos

6. O insubordinado

White chegou a selar algumas parcerias. A mais poderosa foi com Gus Fring, dono do restaurante Pollos Hermanos (que, na verdade, era uma fachada para a produção de drogas). Apesar do lucro,White percebeu que caiu em uma armadilha: Fring colocou um de seus funcionários no laboratório para que ele aprendesse a receita da metanfetamina. O resultado? O sócio perdeu metade do rosto em uma explosão

7. O estrategista

As drogas de Heisenberg foram muito requisitadas (no ápice da carreira, ele chegou a vendê-las para a República Tcheca). Logo, o dinheiro que ganhava seria descoberto. Junto com a esposa, Skyler, que precisava da grana para ajudar a irmã e o cunhado, ele comprou um lava-rápido de carros, onde faziam lavagem da fortuna ilícita

8. O bipolar

White claramente tinha dificuldades para conciliar sua vida criminosa e familiar. Gravou um depoimento em vídeo, no qual incriminava Hank pela sua ficha suja. Mais tarde, no entanto, quando traficantes ameaçavam matar o policial,White lhes ofereceu US$ 80 milhões de para que o deixassem viver

+ Retrato Falado: Barry Byron Mills, o “barão” neonazista

+ Retrato Falado: Jim Jones, o pastor que causou um suicídio em massa

9. O oportunista

Além de ter coragem para encomendar assassinatos,White não se sentia na obrigação de ajudar ninguém se não ganhasse nada com isso. Certa vez, viu Jane, namorada de Jesse, ter uma overdose no meio da noite. Deixou-a morrer: ela era responsável pela dependência química do parceiro, o que prejudicava os negócios

Que fim levou?

Depois de deixar o dinheiro restante para a família,Walter White lançou-se em uma missão para libertar Jesse, que era refém de traficantes. A polícia o encontrou morto a tiros