Clique e Assine SUPER por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Uma moeda jogada do alto de um prédio pode matar?

A queda de um objeto está condicionada à aceleração da gravidade e ao atrito com o ar

Por Katia Abreu
Atualizado em 14 fev 2020, 17h47 - Publicado em 23 ago 2011, 20h11

Não, não pode. Nem nossa moeda mais pesada (a de R$ 0,50) atirada do prédio mais alto do mundo (o Burj Khalifa, em Dubai, com 828 m) poderia matar alguém. Isso porque a queda de um objeto está condicionada à aceleração da gravidade e ao atrito com o ar. Quando as duas forças se igualam, o objeto atinge uma velocidade terminal, a partir da qual a aceleração do corpo se torna constante.

A moeda, por exemplo, chega a 94,3 km/h – velocidade atingida a 160 m de altura. A energia produzida por seu impacto, de 2,3 jaules, só causaria um machucado, já que para perfurar o crânio e matar uma pessoa seriam necessários 45 jaules.

MOEDA DE R$ 0,50

Massa: 6,8 g (0,0068 kg)
Velocidade terminal: 94,3 km/h (26,2 m/s)
Energia: 2,3 J
Mata? Não

CABEÇA DE ALHO

Massa: 60 g (0,06 kg)
Velocidade terminal: 142 km/h (39,5 m/s)
Energia: 46,8 J
Mata? Sim

Continua após a publicidade

MAÇÃ MÉDIA

Massa: 130 g (0,13 kg)
Velocidade terminal: 144 km/h (40 m/s)
Energia: 104 J
Mata? Sim

BOLA DE BILHAR

Massa: 150 g (0,15 kg)
Velocidade terminal: 166 km/h (46 m/s)
Energia: 158,7 J
Mata? Sim

FONTE Paulo Felipe Jarschel, pesquisador do Instituto de Física da Unicamp.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.