GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Arrepio

Por que ficamos arrepiados?

Os motivos mais comuns são o frio e o medo. A primeira sensação, transmitida pelas terminações nervosas da pele, carateriza-se por contrações musculares em todo o corpo: dentes batem e os pêlos ficam eriçados, aumentando a quantidade de ar entre eles. O objetivo é reter o calor. Já como reflexo a estimulo de medo, o arrepio é a reação humana mais complexa, herança dos tempos primitivos: quando um animal se sente ameaçado eriça os pêlos, aumentando de tamanho de modo a aparecer a seu oponente um inimigo mais poderoso do que é. Na iminência de ser atacado, o organismo também responde, entre outras maneiras, como uma melhora na acuidade visual, aceleração das batidas cardíacas e aumento do fluxo de sangue nos músculos para um fornecimento extra de oxigênio. O resultado é que o sangue que deixou de circular nos capilares da pela cessa de transferir o calor do corpo para a superfície; ocorre então o arrepio. Um som estridente, agressivo, como o de um giz riscando a lousa, também pode provocar o reflexo.