Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

“Comer peixe aumenta o risco de câncer de pele”. Não é bem assim…

Estudo da Universidade Harvard chegou a essa conclusão surpreendente - e ganhou manchetes pelo mundo. Mas ele ignora uma premissa elementar. Saiba qual.

Por Bruno Garattoni Atualizado em 25 jul 2022, 10h22 - Publicado em 15 jul 2022, 10h17

O que a notícia dizia:

Quem come peixe com frequência (em média um pedaço por dia) tem 22% mais risco de desenvolver melanoma. Foi o que descobriram cientistas do National Cancer Institute e da Universidade Harvard, que monitoraram 491 mil pessoas durante quinze anos.

Qual é a verdade:

Como tem autores importantes, o estudo (1) circulou bastante e recebeu muita atenção da mídia. Mas ele ignora um fator elementar. As pessoas que comem mais peixe tendem a morar no litoral, onde esse alimento é mais barato – e toma-se mais sol.

Portanto, a real causa do aumento de melanoma é a maior exposição aos raios solares, não a ingestão de peixe. Após a polêmica gerada pelo estudo, um dos autores disse que “não recomendaria a ninguém mudar [diminuir] seu consumo de peixe”.

Compartilhe essa matéria via:

Fonte 1. Fish intake and risk of melanoma in the NIH‑AARP diet and health study. Y Li e outros, 2022.

Continua após a publicidade

Publicidade
Saúde
“Comer peixe aumenta o risco de câncer de pele”. Não é bem assim…
Estudo da Universidade Harvard chegou a essa conclusão surpreendente - e ganhou manchetes pelo mundo. Mas ele ignora uma premissa elementar. Saiba qual.

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Transforme sua curiosidade em conhecimento. Assine a Super e continue lendo

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

App SUPER para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo da Super. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da SUPER, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Receba mensalmente a SUPER impressa mais acesso imediato às edições digitais no App SUPER, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês

Publicidade