Assine SUPER por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Consumo excessivo de proteína prejudica os rins

Por Da Redação Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 31 out 2016, 19h06 - Publicado em 18 mar 2011, 22h00

Que fique bem claro: proteína demais não faz mal a ninguém. O mito ganhou forma em 1983, quando pesquisadores descobriram que comer muita proteína aumentava a taxa de filtragem glomerular, ou GFR, e concluíram que isso sobrecarregaria os rins. Explica-se: o rim é o órgão encarregado de eliminar os produtos do metabolismo da proteína, como ureia e amônia. Quanto mais proteína consumida, maior a quantidade de sangue filtrada por minuto (GFR). “O que acontece é que o organismo saudável se adapta bem ao trabalho extra”, explica o nutrólogo Durval Ribas Filho, presidente da Associação Brasileira de Nutrição (Abran).

Além disso, diz o especialista, é muito improvável que alguém consiga ingerir proteína animal além da conta durante muito tempo. “Consumido em excesso, o nutriente é enjoativo e provoca mal-estar. Isso explica, em parte, por que dietas hiperproteicas, como a de Atkins, são logo abandonadas.” A Academia Nacional de Ciências dos EUA recomenda o consumo de 0,8 grama de proteína por quilo de peso. Faça a conta: se você tem 70 quilos, deve ingerir 56 gramas de proteína por dia. Para dar uma ideia, 100 gramas de carne vermelha contêm 20 gramas de proteína, e 100 mililitros de leite, 7 gramas.

Quando você consome mais proteínas, o organismo se adapta ao trabalho extra, sem prejuízo para o órgão.

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

A ciência está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por SUPER.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.