Assine SUPER por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Danos cerebrais: Curvas e retas no cérebro

Cientistas americanos já conseguiram reunir doze casos de um distúrbio raro: pacientes que não identificam objetos fabricados pelo homem devido à perda de células nervosas na área cerebral.

Por Da Redação Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 31 out 2016, 18h36 - Publicado em 28 fev 1990, 22h00

O processo pelo qual o cérebro distingue uma caneta de um caderno, por exemplo, não é o mesmo que lhe permite reconhecer a diferença entre um elefante e um esquilo. A descoberta é de cientistas americanos que conseguiram reunir doze casos de um distúrbio raro: o de pacientes que não identificam objetos fabricados pelo homem. Há algum tempo se sabe que, ao perder células nervosas na área cerebral especializada em diferenciar formas e texturas, uma pessoa é capaz de saber que vê um animal, mas não se é um gato ou um cachorro. A comparação dos dois tipos de distúrbio levou os cientistas a desconfiar que existem no cérebro áreas especializadas em reconhecer contornos irregulares, como os dos seres vivos, e outras, capazes de reconhecer contornos regulares, de preferência linhas retas, comuns na maioria dos objetos manufaturados.

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

A ciência está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por SUPER.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.