GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Gripe: Aaaatchim!

Espirro, tosse, dor de garganta, nariz escorrendo. A gripe e o resfriado são causados por vírus que estão aí no ar, prontinhos para atacar você.

Xavier Bartaburu

Respirar é perigoso. Cada vez que você inspira, traz para dentro do seu corpo, junto com o ar, uma grande quantidade de microorganismos que flutuam à espera de um hospedeiro em que possam proliferar. “A via respiratória é o nosso contato direto com o mundo”, explica o pneumologista Hélio Romaldini, professor da Universidade Federal de São Paulo. “A cada hora inalamos mais de 100 litros de ar. Não há como ficar imune.”

Entre as doenças respiratórias, as mais comuns são a gripe e o resfriado. O resfriado é causado por mais de 200 vírus diferentes, que se manifestam por sintomas semelhantes. A gripe é ainda mais complexa. Ela é provocada por alguns vírus poderosos e traiçoeiros. Enquanto no resfriado o vírus se instala somente no nariz e na garganta, na gripe ele vai para os pulmões e se espalha pelo corpo, causando febre e dor nas articulações. Os vírus da gripe ainda sofrem mutações o tempo todo, o que os torna mais resistentes aos remédios e às vacinas.

Os cílios microscópicos e o muco que revestem o caminho do nariz à traquéia ajudam muito na proteção do corpo, mas não fazem milagres. Nos dias mais frios, os cílios ficam imóveis e os vírus entram com maior facilidade. Quando isso acontece, a primeira reação do nariz é produzir mais muco, que acaba escorrendo pelo nariz. Essa é a coriza. Em seguida, começam os espirros e a tosse, duas formas de expulsar os vírus. A guerra só termina quando as células do sistema imunológico entram em cena para destruir os invasores.

 

Quem sabe é super

Por que, num exame clínico, o médico pede para você pronunciar “33”? É que os erres do número provocam uma vibração dentro do seu tórax, revelando se há acúmulo de líquido no pulmão, sinal de infecção.

 

 

Conheça seu inimigo

Veja quais são os sintomas da gripee saiba como ela é transmitida.

1. A irritação do nariz provoca aumento e acúmulo de secreção, a coriza . Em uma gripe, ela costuma ser transparente, no início. Se ocorrer ainda uma infecção bacteriana, a cor fica amarelada ou esverdeada.

2. Quando o vírus se instala na garganta, aparece a faringite, identificada por vermelhidão e dor.

3. A laringe também pode inflamar. A laringite causa tosse e perda da voz.

4. O vírus pode chegar até os pulmões. Nos brônquios, causa a bronquite.

5. Se alcançar os alvéolos, pode dar origem a uma pneumonia. O vírus da gripe passa com facilidade para a circulação sangüínea, espalhando-se por todo o corpo. Daí a dor muscular. No sangue, o sistema imunológico libera substâncias de defesa que também causam a febre.

 

Os principais culpados pela asma vêm de fora – poeira, pêlos de animais e plantas – e causam uma reação alérgica violentíssima. Ao mesmo tempo em que ocorre uma inflamação, os músculos dos bronquíolos se contraem e o ar tem dificuldade para circular. Por isso, o asmático sente chiado no peito e uma terrível falta de ar. O tratamento é feito com broncodilatadores e antiinflamatórios, que podem ser inalados ou ingeridos. Para que os medicamentos sejam lançados diretamente nos brônquios, existem as bombinhas, mas também há aparelhos mais sofisticados como o nebulizador (foto)

 

Se houver alguém muito gripado aí por perto, tome cuidado. Um simples espirro já é suficiente para a contaminação. Quando alguém espirra ou tosse, 5 milhões de vírus são lançados no ar e sobrevivem no ambiente durante várias horas. E nem é preciso estar tão perto. Um espirro lança os vírus a uma distância de até  5 metros e a uma velocidade de 160 quilômetros por hora.