GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Impressora 3D usa células para gerar partes do corpo humano

Pela primeira vez, cientistas imprimiram músculos, orelhas e ossos usando células reais. E conseguiram implantá-las com sucesso em ratos de laboratório.

Usar uma impressora 3D para gerar partes do corpo humano não é algo inédito. Entretanto, pela primeira vez, cientistas imprimiram músculos, orelhas e ossos usando células reais.

LEIA: As 9 coisas mais legais já feitas com impressoras 3D 

Em um estudo publicado na última semana, o grupo de pesquisadores da Wake Forest School Of Medicine afirmou que próteses, elaboradas com células em atividade, foram implantadas sem rejeição em ratos de laboratório, recriando biologicamente a estrutura perdida. No futuro, pacientes humanos poderão doar as próprias células para repor membros e cartilagens.

Para criar os implantes, a impressora posicionou amostras de células em um gel, que logo depois foi colocado em um molde com material biodegradável, similar a um plástico. Depois do transplante, o recipiente biodegradável se desfaz lentamente, mas as células conseguem sobreviver e manter o formato.

LEIA: Impressora 3D faz pizza e biscoito

Duas semanas após os primeiros testes, implantes de músculos começaram a criar ligações nervosas em ratos. Dois meses depois, próteses de orelhas passaram a criar cartilagem. Com cinco meses, um conjunto de vasos sanguíneos se formou em volta dos ossos transplantados em roedores.

A pesquisa contou com o patrocínio das Forças Armadas dos EUA. O estímulo financeiro leva a imaginar que os novos modelos de próteses possam ser utilizados em soldados que sofreram amputações.

LEIA TAMBÉM:
Por que a orelha queima?
Pai usa impressora 3D para construir prótese de mão para filho