Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Maçã transgênica mantém a cor

A nova fruta promete a seguinte vantagem: sua parte interna não se oxida (fica marrom) quando é exposta ao ar.

Por Da Redação Atualizado em 31 out 2016, 19h01 - Publicado em 19 nov 2012, 22h00

Anna Carolina Rodrigues

A nova fruta, que foi criada pela empresa americana Okanagan Specialty Fruits e está aguardando aprovação do governo dos EUA, promete a seguinte vantagem: sua parte interna não se oxida (fica marrom) quando é exposta ao ar. Isso significa que você poderia comer apenas um pedaço da maçã e guardar o resto para depois – em vez de jogar a fruta fora porque ela estragou, como acontece hoje. A maçã transgênica possui um gene que inibe a produção de polifenol oxidase, substância que oxida a fruta comum. 60% dos americanos dizem que comprariam a nova maçã.

Publicidade