GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Não-fumante paga com o coração

Estudo do Medical College de Nova York comprovou que quem convive com fumantes pode ter o coração afetado.

Fumar faz mal para quem não fuma? Uma pesquisa vem dar alento a quem sempre achou que sim – e traz uma importante novidade: conviver com fumantes pode afetar até o coração. Um estudo do Medical College de Nova York, com um grupo de não-fumantes alojado durante meros 20 minutos numa esfumaçada sala de espera, mostrou que eles tiveram aumentada no sangue a quantidade de plaquetas, moléculas que formam os coágulos, capazes de entupir as artérias. Verificou-se também que a fumaceira de 4700 substâncias que o cigarro libera no ar acaba diminuindo a capacidade do coração de acelerar o ritmo quando necessário. Calcula-se que, de cada três americanos não-fumantes vítimas de ataques cardíacos, dois pertencem aos chamados fumantes involuntários ou passivos. (No Brasil não há dados a respeito.) O pneumologista José Rosemberg, do Ministério da Saúde, adverte que a relação deve ser ainda mais grave no caso das doenças respiratórias: “Adolescentes que crescem entre fumantes têm pulmões danificados e frágeis, como se fumassem dez cigarros por dia”.