GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

O homem em números

Neste exato momento em que você está sentado, tranqüilo, começando a leitura desta pagina, seu corpo, um complexo e eficientissimo organismo de múltiplas capacidades, funciona a todo vapor para que você continue vivo entendo o que lê. Conscientemente, você está usando apenas os olhos e o cérebro, mas veja bem: coração, pulmões, sistema digestivo, os sentidos, tudo continua trabalhando. De uma forma geral, os mamíferos foram dotados dos organismos mais eficientes entre todos animais; mas o do homem é o mais sofisticado. Graças a ele, você faz coisas que nem imagina ser capaz. Leia com atenção os números que de apresentamos neste super pôster e acredite: o homo Sapiens é realmente uma maravilha

Milton Rodrigues Alves

O homem apresenta uma característica rara entre os animais: seus pêlos da cabeça crescem sem parar, mas ou menos 12 cm por ano. São os loiros os que apresentam mais densidade capilar, com seus 140.000 fios em média. Um fio de cabelo pode suportar até 100 g de peso, sem se romper. Uma trança feita com os belos e suaves cabelos loiros da Vera Fischer permitiria que 140 atletas, dos mais fortes, disputadassem um cabo-de-guerra dos mais violentos.

Os nervos são um sistema de comunicação de mão dupla: levam informação informações e todas as partes do corpo para o cérebro e vice-versa. Essas informações correm a 320 quilometros por hora, mais do que Ayrton Senna em seus dias mais delirantes. Se ainda assim você acha que não é muito, pense bem: o impulso nervoso tem de viajar no máximo 2 m. Por isso ele faz em fantásticos 0,0000062 segundos. Para perceber tudo o que uma delicada flor tem de bonito, milhões de impulsos são transmitidos das mãos, do nariz, dos olhos para o cérebro, e do cérebro para as mãos, os olhos, o nariz. Tudo ao mesmo tempo. Quando você pega a flor e a aproxima do rosto, é como se desse o sinal de largada para um grande prêmio de Formula 1 em que milhares de concorrentes correm velozmente em todas as direções, no limite máximo sem que ninguém arranhe ninguem.

Não parece, mas o olho humano tem quase o tamanho de uma bola de pingue-pongue. Éuma sofisticadíssima câmera que japonês algum ousou imaginar, capaz de traduzir 1500 000 mensagens simultaneamente, que o cerebro processa sem parar. Graças a isso, enxergamos o mundo tal como é, com seus milhares de nuances coloridas.

Cada vez que você respira, leva para os pulmões a suficiente para encher uma bola de basquete. Esse ar imediatamente se divide entre 300 milhões de pequeninissimos sacos, chamados alvéolos. Inflados, eles apresentam uma superfície de 55 metros quadrados. Isso significa que quando inspiramos somos trinta vezes maiores por dentro do que por fora. Pode?

Apesar de serem formados basicamente de água, os ossos são duros como o granito. Um pulinho de nada submete os ossos da perna a mais de 1 tonelada de pressão por centímetro quadrado. Imagine o que não é preciso fazer para que aconteça uma fratura.

Uma pessoa de porte médio tem mais ou menos 5,5 litros de sangue. O coração, que tem o tamanho de um punho fechado, faz esse sangue de girar pelo corpo mais de mil vezes por dia. O esforço necessário para conseguir isso daria para suspender o corpo inteiro a uma altura de 1.600 metros. As pulsações seu coração ao longo de sua vida representado força capaz de colocar em órbita, há 260 quilometros, um satélite de 1 tonelada.

O sangue que sai ferimento está escapando de uma incrível rede de canais que passa por todo o corpo. Com diâmetros que variam de 2,5 centímetros das grandes artérias como a a aorta, até centésimos de milímetro nos vasos capilares, a malha sangüínea e estende-se por inacreditáveis 96.000 quilômetros. Alinhados, eles dariam duas voltas e meia em torno da terra.

Cada dia caminhamos mais ou menos 13 quilometros, dando 20 mil passos que movimentam centenas de músculos. Se fosse possível concentrar todo esse esforço num só momento, qualquer um poderia bancar o He-Man e levantar um caminhão de algumas dezenas de toneladas com maior facilidade.

É no cérebro que está a qualidade que nos faz definitivamente diferentes de todos os outros animais: a inteligência. Logo, é no cérebro que estão as maiores maravilhas de nosso corpo. Não fique pensando quantos bits de informação seu cérebro processa por segundo – esteja certo de que ele perde feio para qualquer grande computador. Lembre-se apenas que, graças à sua especial arquitetura, seu cérebro oferece às informações que processa 10800 (isso mesmo, o número 1 seguido de 800 zeros) caminhos diferentes a percorrer. Você quer ter uma idéia, vaga que seja, do que isso significa? Os cientistas calculam que existem no Universo inteiro 10100 átomos (veja que nessa conta cada zero multiplica esse númeropor 10; assim, 10800 não é oito vezes maior do que 10100, mas zzzzzzilhões de vezes). Entre o sim e um não, há muito, mas muiiiiiito mais possibilidades no cérebro do que qualquer computador é capaz de imaginar (se é que computador imagina alguma coisa).