Assine SUPER por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Plantas medicinais: bela droga

As imagens, feitas por meio de microscópio, mostram a beleza de plantas medicinais muito populares que só agora começam a ser investigadas pela ciência.

Por Da Redação Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 31 out 2016, 18h35 - Publicado em 31 jul 1997, 22h00

Lúcia Helena de Oliveira

Sem deixar cicatriz

Dizem que a calêndula (Calendula officinalis) combate inflamações. “O que mais interessa, porém, é estudar seus ingredientes cicatrizantes, já que faltam drogas com esse efeito”, diz o professor Jaime Sertié, do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo.

Contra espasmos

O alecrim (Rosmarinus officinalis) parece ter, de fato, um bom efeito contra cólicas abdominais. Popularmente, a planta é famosa como tônico hepático. Mas atenção: segundo os médicos, nenhum remédio, a base de plantas ou não, é capaz de aliviar um fígado sobrecarregado.

Continua após a publicidade

Tempero desinfetante

O tomilho (Timo vulgaris) é comum na Europa como tempero. Mas suas flores e folhas maceradas podem matar germes em feridas. “A gente já conhece várias substâncias com esse efeito”, conta Sertié. “Por isso, não compensa criar um novo anti-séptico usando o tomilho.”

Adeus, febre alta

A artemísia-verdadeira (Artemisia vulgaris) pode diminuir a febre. “Mas é preciso tomar cuidado com remédios ditos naturais de qualquer planta”, avisa Sertié. “Eles podem interagir de um jeito perigoso com outras drogas, especialmente as usadas nas doenças crônicas.”

Continua após a publicidade

O alívio da enxaqueca

As folhas da prímula (Primula veris) resolvem os casos de enjôo. Alega-se, embora não exista prova científica, que também funcionem como sedativos. Recentemente, começaram a ser analisadas como candidatas a ingredientes de remédios para aliviar as enxaquecas.

Fácil digestão

As flores e o caule da melissa (Melissa officinalis) contêm substâncias que agem como calmantes suaves e induzem o estômago a trabalhar, facilitando a digestão das refeições pesadas. O chá da planta também é usado contra cólicas, porém não existem estudos sobre seus efeitos.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

A ciência está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por SUPER.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.