Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Rádio pirateada: o início das transmissões em FM

Em muitas ocasiões, a inteligência abomina a tecnologia. Quase sempre, com razão.

Por Da Redação Atualizado em 31 out 2016, 18h08 - Publicado em 30 jun 1997, 22h00

Em 1939, o americano Edwin Armstrong (1890-1954) gastou suas economias construindo uma emissora experimental só para provar a qualidade do rádio de freqüência modulada, ou FM, que havia inventado seis anos antes. Na época, uma música ou uma voz só eram transmitidos em ondas de rádio que variavam de amplitude ou força. É o sistema das emissoras AM, sujeito a ruidosas interferências. Para produzir um som de alta fidelidade, Armstrong mostrou que o melhor era variar a freqüência, o número de ondas por segundo. Ninguém se interessou, a não ser o Exército, que usou as ondas de Armstrong durante a Segunda Guerra Mundial. Depois disso, o rádio FM se popularizou nos anos 50 sem que seu inventor recebesse um tostão. Sua família acabou faturando 20 milhões de dólares, graças a uma longa briga judicial com as emissoras de FM. Armstrong, porém, não viu a cor do dinheiro porque, desgostoso com a pirataria, se suicidou em 1954.

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Transforme sua curiosidade em conhecimento. Assine a Super e continue lendo

Impressa + Digital

Plano completo da Super. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da SUPER, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Receba mensalmente a SUPER impressa mais acesso imediato às edições digitais no App SUPER, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

App SUPER para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)