Clique e assine a partir de 8,90/mês

Sangue masculino pode fazer mal às mulheres (e vice-versa)

O motivo pode ser a incompatibilidade entre os leucócitos (células de defesa) de homens e mulheres

Por Bruno Garattoni - Atualizado em 24 jul 2018, 18h15 - Publicado em 23 nov 2017, 18h04

O seu tipo sanguíneo pode ser A, B, AB ou O. Se você receber sangue incompatível, o sistema imunológico irá atacá-lo, o que pode ser fatal. Mas um novo estudo sugere que há outro fator envolvido: o sexo.

Cientistas holandeses analisaram 31 mil transfusões – e descobriram que os homens que receberam sangue feminino tinham mais chance de morrer nos três anos seguintes (o risco aumentava 13% a cada 500 ml recebido).

Um estudo anterior apontou efeito similar em mulheres que receberam sangue masculino. Acredita-se que o motivo seja incompatibilidade entre os leucócitos (células de defesa) de homens e mulheres.

Mas é necessário fazer mais testes – por enquanto, a transfusão entre sexos continua liberada.

Continua após a publicidade

Fontes: Association of Blood Transfusion From Female Donors With and Without a History of Pregnancy With Mortality Among Male and Female Transfusion Recipients, Camila Caram-Deelder, Leiden University Medical Centre, e outros; Transfusion of sex-mismatched and non–leukocyte-depleted red blood cells in cardiac surgery increases mortality, Henrik Bjursten, Universidade de Lund e outros.

Publicidade