Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Sistema Endócrino: Libere seus hormônios

Produzidas em glândulas espalhadas pelo corpo, essas substâncias microscópicas influenciam todas as esferas da sua vida.

Por Da Redação Atualizado em 31 out 2016, 18h37 - Publicado em 31 ago 1998, 22h00

Carlos Dias

Os melhores perfumes, assim como os venenos, costumam vir nos menores frascos. O mesmo se pode dizer dos hormônios. Embora produzidos em quantidades ínfimas – da ordem de milionésimos de grama -, controlam todo o funcionamento do seu organismo. Eles são o produto de um fantástico laboratório humano, um conjunto de glândulas espalhadas por todo o corpo, chamado de sistema endócrino.

Os hormônios trabalham em parceria com o sistema nervoso e são muito importantes no gerenciamento das funções do organismo. Sutis como um bom perfume francês, ou violentos e de ação imediata como o veneno de cobra, eles estão presentes em tudo que acontece no seu corpo. Quando você tem um sobressalto, quando sente fome ou sono, quando está apaixonado ou morrendo de raiva, sempre um hormônio entra em ação.

São eles, também, que gerenciam o funcionamento básico do organismo, administrando a transformação de tudo que você come ou bebe em energia. Os hormônios também são essenciais em processos como o amadurecimento sexual e o crescimento. Para fazer tudo isso, eles trabalham como mensageiros bioquímicos, dizendo aos seus órgãos-alvos o que precisa ser feito, e com que ritmo. Dotados de uma espécie de chave química, eles só vão aonde são necessários. E nunca erram o endereço.

 

 

Ciclo inexorável

As células humanas estão programadas para se deteriorar na medida em que se progride na idade, até a morte. Observe como ocorre o envelhecimento nestas fotos do ator inglês Charlie Chaplin (1889-1977)

Continua após a publicidade
Publicidade