Assine SUPER por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Vírus da Síndrome de Epstein-Barr

Cientistas americanos encontraram no vírus da Síndrome de Epstein-Barr, a cópia de um gene humano encarregado de produzir interleucina-10, substância que controla a fabricação de interferona - verdadeira arma química contra o vírus.

Por Da Redação Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 31 out 2016, 18h38 - Publicado em 30 set 1990, 22h00

Acabam de ser descobertas duas manifestações de mais uma artimanha dos vírus: piratear genes para desativar o sistema de defesa do organismo que exploram. Cientistas americanos do Instituto de Pesquisas DNAX, na Califórnia, encontraram no vírus da Síndrome de Epstein-Barr – um parente do vírus do herpes, responsável por sintomas semelhantes aos da gripe, entre outros – a copia de um gene humano encarregado de produzir interleucina-10. A substância, liberada pelas células T, controla a fabricação de interferona – verdadeira arma química contra os vírus. Mas, com a cópia do gene, o próprio vírus de Epstein-Barr produz doses maciças de uma imitação da interleucina-10, o que o sistema imunológico interpreta como um aviso para interromper a produção da interferona. Desse modo, o caminho fica livre para o pirata invasor.

O vírus da catapora age de modo similar, notaram cientistas do Centro de Pesquisas Médicas da Universidade de Cambridge, Inglaterra: ele copia o gene de uma proteína que desencadeia a síntese de enzimas fatais ao parasita. Ao fabricar a mesma proteína, o vírus impede que ela faça o serviço. “Pode ser a ponta de um iceberg”, comenta o pesquisador Allan Waitz, do DNAX. “Se o mecanismo ocorrer em outros vírus, isso poderá abrir caminho a novos tratamentos.”

 

 

 

 

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

A ciência está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por SUPER.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.