GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Brasil cai em ranking global de universidades; veja as melhores

Uma das razões da queda do Brasil está nos cofres: o mau desempenho da economia cortou verbas do ensino superior e reduziu o salário dos pesquisadores

A revista britânica Times Higher Education (THE) divulgou a nova edição do seu tradicional ranking de universidades, que neste ano classifica as 1000 melhores faculdades de 77 países e traz uma má notícia para o Brasil.

Apenas 21 instituições de ensino superior do país entraram para a lista referente a 2018, contra 27 no ano passado.

“É decepcionante que a participação do Brasil entre as principais universidades globais tenha diminuído”, afirma Phil Baty, diretor editorial dos rankings globais da THE. “Os resultados refletem a pressão que as universidades do país sofrem com a crise econômica e a crescente concorrência global no setor”.

Baty também afirma que o Brasil deve garantir a continuidade dos investimentos no ensino superior e “libertar suas instituições da burocracia desnecessária” se quiser expandir seu papel no cenário do ensino superior global.

O mau desempenho da economia cortou verbas do ensino superior e reduziu o salário dos pesquisadores. Este mês, o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) anunciou que não tem recursos para pagar bolsas até o final do ano.

Embora o número universidades brasileiras no ranking da THE tenha diminuído, o desempenho daquelas que permanecem continua relativamente estável. A Universidade de São Paulo (USP) continua sendo a líder brasileira, na faixa entre a 251ª e a 300ª posição.

O Brasil também emplacou quatro novas participantes na edição deste ano: a Universidade Federal de Itajubá (601-800) e também Universidade de Brasília, Universidade Federal de Pelotas e Universidade Estadual de Ponta Grossa, todas na faixa 801-1000.

A metodologia leva em conta 13 indicadores de desempenho. São avaliadas variáveis como qualidade de ensino, pesquisa, transferência de conhecimento e relevância internacional e proporção de alunos e professores estrangeiros.

Confira a seguir as 21 instituições brasileiras que entraram para o seleto grupo das melhores do planeta, segundo o levantamento:

1. Universidade de São Paulo (USP)

Posição no ranking de 2018 251-300
Posição no ranking de 2017 251-300

2. Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)

Posição no ranking de 2018 401-500
Posição no ranking de 2017 401-500

3. Universidade Federal de São Paulo (Unifesp)

Posição no ranking de 2018 501-600
Posição no ranking de 2017 601-800

4. Universidade Federal do ABC (UFABC)

Posição no ranking de 2018 601-800
Posição no ranking de 2017 601-800

5. Universidade Federal de Itajubá

Posição no ranking de 2018 601-800
Posição no ranking de 2017 Não apareceu

6. Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

Posição no ranking de 2018 601-800
Posição no ranking de 2017 601-800

7. Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Posição no ranking de 2018 601-800
Posição no ranking de 2017 601-800

8. Universidade Federal do Rio Grande Do Sul (UFRGS)

Posição no ranking de 2018 601-800
Posição no ranking de 2017 601-800

9. Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio)

Posição no ranking de 2018 601-800
Posição no ranking de 2017 601-800

10. Universidade Estadual Paulista (UNESP)

Posição no ranking de 2018 601-800
Posição no ranking de 2017 601-800

11. Universidade de Brasília (UnB)

Posição no ranking de 2018 801-1000
Posição no ranking de 2017 Não apareceu

12. Universidade Federal do Ceará (UFC)

Posição no ranking de 2018 801-1000
Posição no ranking de 2017 801+

13. Universidade Federal de Pelotas (UFPEL)

Posição no ranking de 2018 801-1000
Posição no ranking de 2017 Não apareceu

14. Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)

Posição no ranking de 2018 801-1000
Posição no ranking de 2017 801+

15. Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)

Posição no ranking de 2018 801-1000
Posição no ranking de 2017 801+

16. Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

Posição no ranking de 2018 801-1000
Posição no ranking de 2017 601-800

17. Universidade Federal de São Carlos (UFSCar)

Posição no ranking de 2018 801-1000
Posição no ranking de 2017 801+

18. Pontifícia Universidade Católica do Paraná

Posição no ranking de 2018 801-1000
Posição no ranking de 2017 801+

19. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS)

Posição no ranking de 2018 801-1000
Posição no ranking de 2017 601-800

20. Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ)

Posição no ranking de 2018 801-1000
Posição no ranking de 2017 801+

21. Universidade Estadual de Ponta Grossa

Posição no ranking de 2018 801-1000
Posição no ranking de 2017 Não apareceu

Este conteúdo foi originalmente publicado em Exame.com