GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Este mês, o seu dinheiro foi para…

Gastos públicos declarados pelos deputados

Agosto/2017

Cinco viagens pelo Amazonas, que juntas custaram R$ 63,5 mil. Esse foi o valor gasto, apenas no mês de março, pelo deputado federal Atila Lins (PSD-AM), que alugou aviões para ir a Carauari, Coari e Tefé, no interior do Estado.

Justificativa
A assessoria do deputado diz que a base eleitoral dele fica em locais onde só se chega de barco ou avião. Como só há voos comerciais para esses lugares em alguns dias da semana, e de barco a viagem demora muito, a saída é alugar avião.

Contexto
Se o parlamentar tivesse usado voos comerciais, teria gasto um pouco a mais de tempo, mas economizaria um montão de dinheiro público. Os voos saem uma a duas vezes por semana de Manaus, e as passagens custam de R$ 500 a R$ 1.000 – ida e volta.

Julho/2017

O Bar do Beto, que recebeu R$ 800 neste ano. O deputado Pompeo de Mattos (PDT/RS) visita esse bar, em Porto Alegre, ao menos uma vez por mês. Nas últimas seis vezes, o parlamentar saiu do local entre meia-noite e uma da manhã – às quintas e sextas-feiras.

Contexto
O estabelecimento funciona como bar e restaurante. As notas fiscais apresentadas por Mattos não especificam o consumo: apenas descrevem “uma refeição”, sem detalhes, com valores sempre acima de R$ 100.

Justificativa
“Chego à noite em Porto Alegre, às quintas, lá pelas 22h e 23h. E o Bar do Beto é um dos poucos que ficam abertos até tarde. Vou lá para jantar – e a conta dá isso aí, uns 100 pilas”, afirma o parlamentar.

*com colaboração de Data Science Brigade

Junho/2017

Divulgar as ações da deputada Jéssica Sales (PMDB-AC), que gastou R$ 68,4 mil com isso em apenas um mês. Foi o valor pago, em março, a duas agências de comunicação, um portal, duas rádios locais e uma gráfica (que imprimiu um tabloide sobre a deputada).

Justificativa
Segundo a assessoria da deputada, o jornal só é feito a cada três meses – e, junto com a divulgação pelas rádios, serve para falar com a região de Cruzeiro do Sul (AC), base da parlamentar, que inclui comunidades ribeirinhas sem acesso à internet.

Contexto
Muitos parlamentares contratam agências de comunicação e compram espaço publicitário em sites, jornais e rádios. Uns gastam R$ 1 mil mensais, outros passam de R$ 50 mil. Entre os deputados acreanos, a média em março foi de R$ 20,7 mil.