Clique e assine a partir de 8,90/mês

Uniforme de gala das Olimpíadas saiu direto da Grande Família

A camisa só falta vir com um maço de Minister no bolso. O vestido já deve chegar acompanhado de um abacaxi de plástico.

Por Ana Carolina Leonardi - Atualizado em 4 nov 2016, 19h15 - Publicado em 23 jun 2016, 16h00

Os uniformes que vão ser usados na cerimônia de entrega de medalhas foram anunciados recentemente e a estilista Andrea Marques, disse que quis ressaltar a “elegância tropical”. Mas quem assistiu à TV aberta nos últimos 15 anos consegue pensar outra inspiração para os looks: o elenco de A Grande Família.

Quem escolheu o nome responsável pelo design dos uniformes foi Paulo Borges, idealizador da São Paulo Fashion Week. Andrea Marques, que tem uma grife com o seu nome e já assinou coleções da C&A foi a vencedora do processo seletivo por decisão do expert.

Entre nós, leigos da moda, a roupa dos rapazes realmente representa os cariocas. Mas um carioca específico, que pode ser encontrado dirigindo táxis no subúrbio da Zona Norte do Rio e responde por Agostinho Carrara.

Continua após a publicidade

As camisas ~exóticas~ do personagem ficaram marcadas no imaginário do público brasileiro e, em breve, vão expandir horizontes: o mundo todo vai conhecer o estilo único do marido da Bebel. A estampa carrarística vem acompanhada de terno e calça brancos (com listras vermelhas na lateral), para que ninguém que suba ao pódio deixe de notar tamanha elegância.

O uniforme das moças vai uma geração além e se inspira na sogra do Agostinho, a Dona Nenê, fã dos vestidos estampados e tons amarelos e amarronzados. As faixas vermelhas ainda dão um clima junino. Tudo contribuindo para a atmosfera de subúrbio dos anos 70 da família muito unida e também muito ouriçada. Se fez sucesso na TV por 13 anos, o que são 15 dias de Olimpíada?

Para quem não gostou, não somos o primeiro país a vestir os entregadores de medalhas de um jeito duvidoso. O uniforme das Olimpíadas de Londres, em 2012, virou piada pelas semelhanças com os figurinos de Star Trek. Pior: o visual é quase idêntico ao look das aeromoças da Qatar Airways.

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

Nas Olimpíadas mais recentes, só quem mandou bem mesmo foi a China: com vestidos tradicionais, as meninas de Pequim, em 2008, eram a cara da elegância.

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

Paciência: quem nasceu para comer pastel do Beiçola nunca vai usar qipao de seda. Quem sabe todo mundo abrace a vibe anos 70 e tire do armário os vestidos floridos e as camisas estampadas. Afinal, hoje em dia, o que sai de moda não vira brega – vira vintage.

Publicidade