GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

A nova geração de privadas

Vasos sanitários high tech revolucionam o ato de ir ao banheiro

Rafael Tonon

Você está lendo esta revista no banheiro? Uma pesquisa feita na Inglaterra apontou que 40% das pessoas gostam de ler na privada (e os outros 60% devem ter ficado com vergonha de admitir isso). Também pudera: ao longo da vida, você vai passar mais de 3 900 horas sentado nesse cantinho tão pacífico e íntimo. Os fabricantes de vasos sanitários finalmente perceberam isso, e resolveram atualizar as privadas para o século 21. Eles estão lançando modelos que prometem tornar tudo mais agradável, limpo e ecológico. Em breve num banheiro perto de você.

Com música

A novidade:
Abafa ruídos indesejáveis.

Como funciona:
Usar um vaso sanitário tradicional, principalmente para fazer o número 2, pode ser constrangedor. A NeoRest 550 tem um alto-falante que encobre os ruídos produzidos pelo usuário. Já vem com 18 sons da natureza (pássaros, cachoeira etc.), mas você também pode carregá-la com músicas em mp3.

R$ 11 360 – http://www.toto.jp


Jingle bells

A novidade: Dispensa o papel higiênico.

Como funciona:
Poucas coisas são tão desesperadoras quanto descobrir que acabou o papel. Com a Kohler C3-200, esse pesadelo deixa de existir: ela tem jatos de água morna e um sistema de secagem que limpam os países baixos. A privada abre sozinha quando você entra no banheiro, e seu assento brilha no escuro – perfeito para usar à noite.

R$ 3 500 – http://www.kohler.com


Fogo no rabo

A novidade: Incinera o xixi e o cocô.

Como funciona: As privadas comuns consomem muita água: uma família de 4 pessoas manda pelo ralo 6 mil litros a cada mês. Mas a Ecojohn troca a água pelo fogo. Quando o usuário aperta sua “descarga”, os excrementos vão para um compartimento especial onde são incinerados. O único problema é que isso demora 25 minutos.

R$ 8 400 – http://www.ecojohn.com

Aperte o cinto

A novidade: Privada de avião para ter em casa!

Como funciona: A BioCompact usa um sistema de vácuo para sugar os detritos e jogá-los no esgoto. Por isso, consome apenas 0,8 litro de água a cada uso, 10 vezes menos que um vaso sanitário comum. A energia necessária para produzir o vácuo vem de painéis solares, que devem ser instalados no telhado da casa.

R$ 4 050 – http://www.biocompact.nl