GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Apple compra empresa que fez efeitos de Star Wars

A start up suíça Faceshift é especializada em capturar e reproduzir expressões faciais

Star Wars: O Despertar da Força vai ter algo curioso: Lupita Nyong’o e Andy Serkis, intérpretes consagrados da atual geração de Hollywood, estarão no filme, mas não mostrarão seu rosto – ao menos não diretamente. Eles tiveram suas atuações digitalizadas para dar vida à personagens criados por computação gráfica. Parte desse processo de captura e animação teve envolvimento de uma start up suíça, a Faceshift, empresa essa que se era pequena e independente não é mais. A Apple anunciou que comprou a iniciativa.

A Faceshift é especializada no reconhecimento e reprodução de movimentos faciais, e já vem chamando atenção há algum tempo. Em 2012, a empresa lançou um vídeo onde utilizava o Kinect de um Xbox 360 para criar avatares digitais que emulavam os movimentos do rosto em tempo real. Uma tecnologia muito parecida com a do vídeo aparece em um making of do novo Star Wars, onde um boneco 3D, conectado a um notebook, imita as expressões de um homem. Você pode conferir abaixo, no segundo 41 do vídeo.

Não se sabe ainda quais os objetivos na compra.  Em comunicado, a empresa da maçã apenas afirmou que a “Apple compra empresas menores de tecnologia de tempos em tempos, e nós geralmente não discutimos nossos propósitos e planos”. Em abril, a Intel produziu um vídeo sobre a start up, onde mostra a aplicação da tecnologia suíça em aplicativos de videochat, como o Facetime da Apple, indicando um possível uso da ferramenta. 

 

LEIA TAMBÉM: 
Escreva “há muito tempo, numa galáxia muito, muito distante” no seu Google e veja o que acontece
Testamos o Apple Watch. Assista​
21 curiosidades intergaláticas sobre a franquia Star Wars​

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.