GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Captcha falso faz você compartilhar lixo no Facebook sem saber

Talvez você tenha feito um post sobre a namorada do Chaves - e nem percebeu ainda

É capaz que alguém na sua timeline tenha postado sobre como está a “namoradinha do Chaves, 40 anos depois”, ou até mesmo uma matéria de cunho sexual explícito. Também é bem provável que esses posts estejam acompanhados de mensagens em espanhol, como “increible”, “hermoso” ou até uma risada em castelhano, o destoante “jajajajajaja”. O ponto é que a pessoa que postou isso provavelmente nem sabe que essas mensagens estão em seu perfil do Facebook. Ela caiu na pegadinha do captcha falso.

O truque é simples e sujo. Você é atraído pela mensagem e clica no link, ao abrir a página, uma tela bloqueará parcialmente a visão da notícia. A promessa é que se você digitar um captcha (um conjunto de letras que, geralmente, visa verificar se você é humano), a leitura será liberada. É aí que mora a pegadinha: o texto digitado, na verdade é o que será compartilhado na sua timeline. Como esses sites costumam ser de língua espanhola, o repertório da armadilha tende a ser em casteleano – explicando o “jajajaja”. No fim das contas, enquanto você está lendo o texto, algum dos seus amigos vê sua publicação, clica e repete o ciclo.

LEIA: Microsoft cria site só para dizer com qual raça de cachorro você se parece

A ideia não é nova. Pelo menos desde 2012 a pegadinha roda pelo Facebook. Na época, a equipe do antivirus Bitdefender fez um comunicado em que dizia estar ciente sobre a prática, mas até hoje ninguém conseguiu exterminar a pegadinha-spam. E agora ela voltou a se espalhar.

O segredo para identificar se você está, ou não, a ponto de cair na armadilha é prestar atenção no captcha. O textinho, geralmente, consiste em letras randômicas e números; se estiverem pedindo para você digitar uma palavra completa de cunho elogioso, vale pensar duas vezes antes de dar enter.

Agora, se você estiver realmente muito curioso sobre como está a antiga namorada do Chaves, não precisa se desesperar: há modos de ler a matéria sem compartilhar o conteúdo.  O mais fácil entre eles é simplesmente copiar e colar o link em outra aba. Outra possibilidade é abrir a matéria em janela anônima. Em ambos os casos, o link com sua conta do Facebook vai ser quebrado, a matéria vai aparecer completa, e nada será postado sem você saber. Em outras palavras, está liberado matar sua curiosidade. 

LEIA TAMBÉM: 
– Vem aí: lentes de contato de realidade virtual
– Facebook descreve fotos para cegos
– Quanto custa o traje de Darth Vader?