Clique e assine a partir de 5,90/mês

Choque na dose certa

Por Da Redação - Atualizado em 31 out 2016, 18h39 - Publicado em 31 mar 2000, 22h00

Poucos psiquiatras defendem tratamentos com choques elétricos. Uma empresa americana, no entanto, está testando – com sucesso – um aparelho que trata distúrbios como a depressão e a epilepsia com estímulos elétricos no nervo vago (veja infográfico), que leva sinais do cérebro aos corpo. O segredo é a dose certa. Um marcapasso, implantado no peito, sob a pele, dá choques no nervo em intervalos regulares. Segundo os cientistas, isso interfere na quantidade dos neurotransmissores – substâncias que carregam as informações entre os neurônios – responsáveis pelo humor. Levanta o moral.

O que você tem que saber

• NeuroCybernetics Prosthesis

• Aprovado pelo governo americano

• Sem data para ser lançado

http://www.cyberonics.com

Marcapasso cerebral

Os choques dados pelo aparelho atingem nervos cerebrais, diminuindo os sintomas da depressão.

Os choques, indolores, alcançam o nervo vago, alterando a quantidade de substâncias que regulam o humor.

Implantado no tórax, o dispositivo é programado pelo médico para enviar sinais elétricos em intervalos regulares 24 horas por dia.

Continua após a publicidade
Publicidade