Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Como cozinhar um tornado no microondas

O calor faz o ar subir mas, se atuar onde ele estiver descendo, pode brecar o vendaval

Por Da Redação Atualizado em 31 out 2016, 18h34 - Publicado em 30 set 2000, 22h00

Um grande tornado agita o ar e tudo o que encontra à sua frente com uma energia equivalente à de quatro bombas atômicas como a de Hiroshima a cada hora. Um bombardeio desses produz ventos de 800 quilômetros por hora, derruba casas e arremessa automóveis a 100 metros de distância. Mas a fera pode ser desligada – por um simples feixe de microondas igual ao dos fornos de cozinha, diz o físico americano Bernard Eastlund, que trabalha em colaboração com a Universidade de Oklahoma. A idéia é direcionar o raio para o coração do tornado e cozinhá-lo como quem esquenta o jantar.

O calor faz o ar subir mas, se atuar onde ele estiver descendo, pode brecar o vendaval. Os tornados matam 50 pessoas por ano nos Estados Unidos, campeões mundiais nessa categoria. São mais de 1 000 vórtices de vento a cada ano. Eastlund conhece o perigo de perto: “Já perdi parte da minha casa no Texas”, disse à Super. Ele afirma também que seu plano foi testado por especialistas em simulação de tempestades em computador da Universidade de Oklahoma. “A idéia funciona. Resta saber se é segura. Não queremos criar, sem querer, algum distúrbio inesperado no clima”, diz Eastlund. Segundo ele, se der tudo certo, as microondas poderão servir até para controlar o aquecimento global.

Para saber mais

http://www.pmra.org/pmra

Fera ferida

Um tiro radioativo bem dado pode matar um vendaval

Um satélite converte energia solar num jato de microondas e o dirige para o tornado

O raio aquece ventos descendentes (azul) que são uma espécie de esqueleto do turbilhão

Como o calor força o ar a subir, em vez de descer, o vento pára e o vórtice se desfaz

Continua após a publicidade
Publicidade