GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Como se comunicar de maneira segura

Sigilo em áudio, texto e vídeo: saiba como manter sua comunicação privada na internet

Para manter sua comunicação sigilosa com criptografia você só precisa seguir três passos.

Primeiro, familiarize-se com as configurações do mensageiro. Nem sempre a criptografia vem ligada de fábrica. Às vezes, o usuário é quem precisa ativá-la antes do primeiro uso.

O segundo passo é manter o mensageiro atualizado: versões antigas podem ser mais inseguras e conter falhas.

Por fim, mantenha-se informado sobre novidades e possíveis vulnerabilidades no protocolo de segurança utilizado pelo mensageiro. Confira outras dicas para tornar sua comunicação mais segura abaixo.

 (ivanastar/Naveed Anjum/iStock)

Para criar a senha perfeita, intercale letras maiúsculas e minúsculas, números e símbolos.

Use um gerenciador, como o Last Pass. Eles armazenam suas senhas e permitem o uso de sequências complexas sem precisar decorar.

Troque todas suas senhas a cada três meses — o mesmo vale para as redefinições. Não use respostas óbvias para perguntas que qualquer um saberia, como o nome do seu cachorro ou filho.

Feche antigos e-mails e desative contas que você não utiliza mais. Elas podem ser hackeadas ou cair em leaks (vazamentos) anônimos.

Veja também

Utilize a autenticação em duas etapas sempre que o aplicativo permitir.

Utilize navegadores como o Opera, que não rastreiam sua atividade, e conexões VPN, por meio de softwares como o Steganos, o VyperVPN e o VPNArea.

Evite acessar seus e-mails ou usar a versão desktop dos mensageiros em computadores públicos. Eles podem estar sendo monitorados remotamente.