GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Empresas vão lançar serviço de realidade virtual por satélite

Elas pretendem capturar vídeo da órbita terrestre - e transmiti-lo ao vivo para capacetes de RV; veja como poderá funcionar

Se você já colocou algum óculos ou capacete de realidade virtual, deve ter percebido quão imersiva essa tecnologia pode ser – e dar a sensação de estar em lugares distantes, até mesmo outros planetas. Mas, convenhamos, a maioria das simulações não é tão real assim, principalmente com imagens de fora da Terra. E algumas empresas querem corrigir isso. Elas estão mandando satélites ao espaço para poder fornecer uma experiência única: transformar você em um astronauta de verdade sem precisar sair do sofá da sua casa.

O estúdio de realidade virtual Rewind e a empresa americana In-Space Missions fundaram a empresa SpaceTime Enterprises para se dedicar a esse objetivo. Ela lançará, até 2019, satélites que filmarão a Terra e transmitirão o vídeo em tempo real, e em formato imersivo, para capacetes de realidade virtual. “Queremos que se torne comum ‘estar’ no espaço. Porque só estando lá você realmente se conecta com o planeta”, diz Doug Liddle, CEO da In-Space Mission.

O primeiro satélite custou 2,5 milhões de libras. As câmeras que ele levará fornecerão imagens em alta resolução, capturadas com o ponto de vista de um astronauta. Estar com os óculos vai ser quase como olhar pela janela da Estação Espacial Internacional, vendo exatamente o que o satélite está sobrevoando. A empresa tem planos ainda mais ambiciosos: à medida que os satélites aumentarem sua base de dados, a realidade virtual dará lugar à realidade aumentada. Nesse caso, os usuários não estarão mais vinculados aos satélites, e poderão voar pela Terra e ampliar as áreas de exploração. Quem sabe não poderemos caçar pokémons no Espaço, em tempo real.

A americana SpaceVR está na vanguarda e já lançou seu primeiro satélite de teste. A britânica Earth-i está construindo uma espécie de constelação de satélites, só para fornecer imagens imersivas de alta resolução. Seu satélite de teste, chamado VividX2, foi lançado em 12 de janeiro deste ano, da Índia. E há algumas semanas ela mostrou seus primeiros vídeos coloridos a partir do espaço:

Se essa tecnologia der certo, e se popularizar, o Espaço estará nas nossas mãos — ou melhor, nos nossos olhos. E sem sair do lugar.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s