GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Engenhocas Sustentáveis – Ecológicos e curiosos

Os professores pardais do mundo real também abraçaram a causa ambiental. E aí, você vestiria a camisa e usaria estas coisas?

Cisterna ambulante

O japonês Kenji Kawakami é especialista em resolver pendengas do cotidiano. Como o Personal Rain Saver: um guarda-chuva virado ao contrário que coleta água do céu. O líquido é levado por um caninho inserido no cabo até um reservatório flexível com uma alça de bolsa de carteiro. Salva água mesmo. O duro é escapar rápido da chuva levando 10 litros de água no ombro.

Nem 5 minutinhos

Não basta coletar água se não diminuir o consumo. Para isso, a artista francesa Elisabeth Buecher (elisabethbuecher.com) criou esta cortina inflável. Ela tem um mecanismo que faz cones de plástico aplicados na cortina inflarem depois de 4 minutos embaixo do chuveiro.

Copo comestível

Um copo descartável de plástico leva pelo menos 200 anos para se decompor na natureza. Com a intenção de eliminar esse tipo de resíduo, o escritório de design americano The Way We See The World (thewayweseetheworld.com) pensou em copos de ágar-ágar, uma gelatina de alga, que podem ser comidos. Há 3 sabores: limão com manjericão, gengibre com hortelã e alecrim com beterraba.

3 em 1

O cicloativista inglês Alex Gadsden bolou um jeito de poupar energia, lavar roupa e entrar em forma. A Cyclean Machine é que uma bicicleta conectada ao tambor de uma antiga máquina de lavar. Mais simples impossível: o pedal aciona a roda da bicicleta que faz girar o tambor. É verdade que a paisagem nunca muda. Em compensação, quanto mais você pedala (e emagrece), mais limpa a roupa fica. Aprenda no site cyclean.biz.

Vale do silicone

O biquíni criado na Universidade de Nova York é forrado com 40 células fotovoltaicas costuradas por um fio condutor de energia e equipado com entrada USB para você carregar a bateria do iPhone enquanto se bronzeia. O porém: o biquíni só pode ser usado sequinho. O designer Andrew Schneider (andrewjs.com) ainda quer usar a tecnologia para alimentar geladeirinhas de cerveja.

Dê o sangue pelo ambiente

O que você pode fazer para salvar o planeta? Cortar os pulsos. A luminária criada por Mike Thompson (miket.co.uk) precisa de sangue para ser ativada. O segredo está na substância que preenche a base de vidro – o luminol, usado pela polícia para identificar vestígios de sangue. A invenção, que não é comercializada, carrega uma mensagem: em nome de sua própria sobrevivência, melhor pensar duas vezes antes de acender as luzes.