Clique e Assine SUPER por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Inteligência Artificial aprende a assustar humanos com fotos

Criado no MIT, o algoritmo foi treinado para entender o que os humanos acham mais medonho e adaptar qualquer imagem. A vida imita Black Mirror (de novo).

Por Ana Carolina Leonardi Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 1 nov 2016, 13h46 - Publicado em 1 nov 2016, 13h03

Está difícil não comparar as últimas novidade científicas com a nova temporada de Black Mirror. O MIT começou a colocar em prática uma tecnologia parecida com a que aparece no segundo episódio da terceira temporada: um algoritmo capaz de aprender o que apavora os seres humanos para criar o medo de forma eficiente.

Por enquanto, felizmente, não tem realidade virtual nem implantes no cérebro envolvidos. O objetivo do MIT é mais artístico: o algoritmo de aprendizado profundo aprendeu a criar diferentes cenários assustadores baseados nos arquétipos de filme de terror e naquilo que nós achamos mais medonho.

O projeto, chamado de Máquina do Pesadelo, é dividido em duas partes: Lugares Assombrados e Rostos Assombrados. Essa primeira divisão não dá tanto medo, mas é impressionante. O algoritmo aprendeu, sozinho, as diferentes estéticas que usamos nos vários tipos de filmes e jogos de terror, criando estilos como “chacina”, “casa assombrada”, “cidada fantasma” e “invasão alienígena”. Cada um virou um filtro que muda a atmosfera até dos lugares mais famosos, como a Torre Eiffel e o Coliseu. Dá para ver como esses pontos turísticos ficariam se aparecessem no filme A Hora do Espanto, por exemplo.

Estátua da Liberdade

Continua após a publicidade

Quem é capaz de dar pesadelos de verdade é a seção de Rostos. O algoritmo foi treinado, primeiro, para criar rostos humanos artificialmente. Só esse resultado já ficou um tanto bizarro. Em homenagem ao Halloween, os pesquisadores decidiram então alimentar a Máquina com rostos assustadores. A inteligência artificial começou a entender – e aplicar nas suas imagens – o que torna a aparência de alguém perturbadora. Surgiu assim o filtro do pesadelo, que transformou até Caco, o Sapo dos Muppets, em uma figura capaz de destruir qualquer infância.

Mit cria algoritmo que cria imagens mais assustadoras do mundo

O curioso é que os criadores da Máquina do Pesadelo destacam que o terror e a inteligência artificial andaram juntos desde o começo: Ada Lovelace, a primeira pessoa a criar um algoritmo de computador, era filha de Lord Byron, o cara por trás do encontro de escritores que acabou dando origem à literatura de vampiros e à história de Frankenstein.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.