GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Inteligência na ponta dos dedos

Programas baratos, divertidos e fáceis de usar trazem informações valiosas sobre temas como a Química, mecânica e corpo humano, entre outros

Flávio de Carvalho

A grande vantagem do computador sobre os livros é poder combinar, com rapidez, o aprendizado com o entretenimento. Seguindo esta idéia, um jovem americano, Michael Bates, criou um pequeno império partindo de apenas dois micros e um fax instalados, inicialmente, no seu próprio quarto de dormir. “Hoje sua empresa, a Software Marketing Corp., fatura 12 milhões de dólares e cresce 25% ao ano. “Não tenho a menor idéia sobre programação”, confessa ele no material explicativo enviado para SUPERINTERESSANTE junto com os onze softwares que compõem o pacote de programas educativos da empresa. “Mas, em compensação, eu sei o que um programa precisa para ser bem-sucedido e como vendê-lo.” De fato, os onze títulos, que podem ser comprados separadamente, primam pela facilidade de uso, baixo preço e não sacrificam a informação ao entretenimento desmiolado. Outra vantagem é que os produtos da empresa dispensam em geral os acessórios de multimídia, podendo rodar em máquinas mais simples. Alguns destes programas já haviam sido experimentados por SUPERINTERESSANTE na edição de maio, mas agora eles chegaram em nova versão, como o BodyWorks 3.0, incluindo novos recursos. Os onze programas serão mostrados aos leitores em duas partes. Nesta edição tratamos do BodyWorks 3.0; do UFO, “o mais complexo banco de dados do planeta sobre contatos com ovnis”; de um programa recém-lançado nos Estados Unidos, a Bíblia do Rei James, também novo, além do Pharm Assist e do Chemistry Works. Na próxima edição mostraremos a nova versão do Orbits, “uma viagem através do sistema solar”. Baby, uma enciclopédia sobre bebês, parto e pediatria. Também o Zodiac, que permite criar mapas astrais de alta qualidade e poder de persuasão para quem acredita; outro sobre esportes, um interessantíssimo sobre mecânica de carros e finalmente, como não poderia deixar de faltar, um de microcomputadores.

Os programas – todos em inglês – podem ser pedidos diretamente nos Estados Unidos pelo fax 602-893-2042, pelo telefone 602-893-3377, ou carta para a Software Marketing Corporation – 9830 South 51th Street, Building A-131, Phoenix, Arizona 85044.

O programa de maior sucesso neste primeiro lote é, sem dúvida, o Body Works em sua nova versão 3.0, que inclui várias animações que são exibidas na tela quando se clica um ícone na forma de projetor de cinema. O programa vem em versões para DOS e Windows no mesmo conjunto de disquete e diferem ligeiramente. O cineminha de um coração batendo, por exemplo, é mais animado no DOS. Com a ajuda do mouse é possível acelerar ou diminuir as batidas cardíacas.

Um clique em qualquer parte de uma imagem realista na versão para o DOS abre uma janela que dá mais detalhes ampliados e textos explicativos. A outra seção dá noções de primeiros socorros em caso de acidentes, queimaduras, doenças mais comuns, preparo físico, etc. Finalmente, o Body Works é uma mina de ouro para o estudante que tem de apresentar trabalhos escolares. O programa exporta texto e gráficos em vários formatos para a impressora ou para um processador de textos. O programa custa US$69,95 nos Estados Unidos, exige 6MB de disco e VGA e, não necessariamente, placa de som, para ouvir o nome em inglês de todas as partes anatômicas.

OVNIs invadem o monitor

Ainda não viu seu OVNI hoje? Pois eles estão todos no UFO da Software Marketing. Trata-se de um banco de dados com 500 histórias de encontros de todos os graus, na versão em disquete. Para quem tem CD ROM, são mais de 1 500 aparições registradas, com imagens em movimento. Você pode pesquisar a base de dados pela data (desde o ano 100 a.C), natureza do contato, pela existência de evidência fotográfica, se algum terráqueo foi seqüestrado ou mutilado ou se ocorreram fenômenos psíquicos coletivos. Os eventos também podem ser localizados clicando num mapa-múndi. Trata-se do mais completo banco de dados sobre o assunto existente no planeta, segundo o fabricante, indispensável para impressionar os crédulos.

A versão em disquetes 3.5 custa nos Estados Unidos US$49,95 e a em CD ROM US$59,95, e exigem o Windows 3.1, mouse, VGA e 8MB de disco.

A Bíblia na ponta do mouse

Quando Johannes Gutenberg precisou escolher uma obra para estrear sua invenção, a tipografia móvel, nem pôde ter dúvidas. Tinha de ser a Bíblia, a escritura mais influente do mundo ocidental. Uma coisa que intriga os especialistas é que esta Bíblia, também conhecida como a do cardeal Mazarin, em cuja biblioteca em Paris os historiadores modernos descobriram as primeiras das 40 cópias existentes até hoje, é que a edição não incorpora nenhum dos avanços técnicos originais permitidos pela tipografia. A obra não tem capa, numeração de páginas ou índice e nenhum recurso que a diferencie do trabalho dos copistas. Os bibliófilos e religiosos em geral tiveram de esperar mais alguns séculos até aparecer uma edição com, por exemplo, índice onomástico. Longe de dessacralizar a santa obra, os recursos modernos a tornaram mais difundida e acessível.

Outro passo na popularização do livro foi a Holy Bible na versão do Rei James, que a encomendou, no século 16, a um grupo de 54 sábios. Eles criaram uma peça literária única que ajudou a consolidar e difundir a língua inglesa junto com a religião. Desde então ninguém precisa saber a obra na ponta da língua.

Agora, com a Holy Bible da Software Marketing a consulta ficou mais fácil ainda. O sistema de buscas permite encontrar instantaneamente o provérbio, salmo, profeta ou personagem com um clique no mouse. Além da versão completa do Rei James, o software tem também a história do livro do Pentateuco até os manuscritos do Mar Morto e quase 100 telas coloridas de obras clássicas. O programa custa US$ 49,50 e roda somente em DOS acima de 3.3 mas aceita o mouse, exige VGA e 11MB de espaço no disco rígido.

Todas as drogas da farmácia

Os hipocondríacos vão babar, os farmacêuticos e médicos não saberão como puderam viver até agora sem ele. E o usuário comum ficará sabendo como funcionam os milhares de drogas das farmácias, identificadas tanto pelo nome comercial como pelo princípio ativo.
O programa tem também animações mostrando como se ressuscita uma pessoa pela respiração boca a boca, como aplicar uma injeção, lista de interação de medicamentos, abuso de drogas proibidas.

Os cuidados básicos com a saúde também são tratados, mostrando as regiões do mundo sujeitas a doenças endêmicas, no qual o Brasil aparece com o merecido destaque como um dos campeões mundiais das endemias já extintas há muito no mundo civilizado.

Tabela periódica sem traumas

Embora não caiba no bolso como as práticas tabelas periódicas plastificadas que os estudantes usam para colar nas provas de Química, Chemistry Works é uma obra valiosa para o profissional da área ou para quem quer estudar. A primeira tela mostra a tradicional tabela periódica dos 108 elementos. Clicando num deles aparecem mais 22 propriedades do átomo escolhido, além de dados como peso e número atômico e eletronegatividade.

Outro clique e aparecem graficamente a raia espectral, configuração eletrônica, estrutura cristalina e isótopos. O programa permite cruzar em tabelas ou gráficos duas propriedades distintas. O preço sugerido nos Estados Unidos é US$ 69,95 e existe somente a versão para DOS, que consome 1,5 MB de disco e suporta mouse.