GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Janela para o Cosmo violento

Ao estacionar com sucesso um novo satélite-telescópio em órbita o Observatório de Raios Gama, o foguete-lançador americano Atlantis abriu uma nova janela para as estrelas.

Ao estacionar com sucesso o novo satélite-telescópio em órbita – o Observatório de Raios Gama -, o foguete-lançador americano Atlantis abriu uma nova janela para as estrelas.Trata-se de um instrumento capaz de captar raios gama, uma forma de radiação semelhante à luz, mas que transporta 10 mil vezes mais energia e é invisível aos olhos. Emitidos em grande quantidade pelos mais violentos fenômenos do universo, esses raios podem mostrar detalhes inéditos sobre supernovas – explosões de astros superpesados – ou sobre quasares, que pulverizam estrelas no núcleo de certas galáxias. Com 17 toneladas, o novo observatório tornou-se o maior instrumento automático já posto em órbita. A operação chegou a causar susto, no último mês de abril, pois uma de suas antenas estava emperrada. Para sanar o problema, os astronautas Jerry Ross e Jay Apt foram obrigados a sair da nave Atlantis e trabalhar no espaço por quase cinco horas seguidas.Tornaram-se assim, os primeiros americanos, desde 1985, a realizar esse tipo de tarefa.