Clique e assine a partir de 8,90/mês

Missão suicida em Júpiter

A nave Galileu sobrevoa Io, um satélite vulcânico de Júpiter

Por Da Redação - Atualizado em 31 out 2016, 18h35 - Publicado em 31 jul 2000, 22h00

Os vaivéns da nave americana Galileu, que está desde 1989 fotografando e estudando diversos planetas e luas, vão terminar num espetacular mergulho kamikase. Ela vai se estatelar no maior dos mundos do sistema solar, Júpiter. Os cientistas da Nasa querem evitar que a nave caia no satélite jupiteriano Europa, que se acredita ser habitado por micróbios ou outras formas de vida. Se despencasse por lá, Galileu contaminaria o ambiente extraterrestre mais promissor à vida que se conhece. Decidiu-se então estender o vôo por um ano, tirando dele o maior proveito possível, e depois mandar a viajante do espaço para Júpiter sem bilhete de volta.

Publicidade