Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Netflix passará a cancelar contas inativas. Veja como isso vai funcionar

Quem não acessa o serviço há mais de um ano será notificado. Listas e outras configurações ficarão salvas, caso alguém queira retomar a assinatura.

Por Rafael Battaglia Atualizado em 26 Maio 2020, 16h51 - Publicado em 25 Maio 2020, 19h37

Se você não assiste nada na Netflix há meses, mas fica na dúvida se deve cancelar o serviço, aqui vai uma ajuda: na última quinta-feira (21), a empresa anunciou que irá suspender contas inativas há mais de um ano.

De acordo com Eddy Wu, diretor de inovação de produtos da companhia, usuários que não assistiram nada por 12 meses serão avisados sobre isso, e poderão decidir se querem continuar com a assinatura.

Os avisos serão enviados por e-mail ou por meio de notificações do aplicativo. Quem não confirmar que deseja continuar com a Netflix terá sua assinatura cancelada automaticamente.

Mas não será uma exclusão definitiva. A plataforma manterá salvas as principais configurações do usuário, como os perfis, listas, preferências e favoritos – caso alguém queira retomar a assinatura, tudo isso ficará intacto por, pelo menos, dez meses depois que o contrato tiver sido encerrado.

No Brasil, a Netflix entrará em contato com todos os assinantes que não assistiram à nada nos últimos dois anos. “Se eles não confirmarem que desejam permanecer como assinantes, suas contas serão canceladas a partir de 1º de junho”, afirmou um porta-voz da empresa.

As contas inativas representam 0,5% do total assinaturas da Netflix. Se considerarmos os 182,8 milhões de usuários (número divulgado pela empresa no seu último relatório), isso dá 914 mil pessoas. Ora, por que abrir mão de tanta gente?

Segundo a revista Variety, trata-se de uma estratégia de marca para mostrar que a Netflix está ciente da situação financeira dos seus clientes – uma vez que a economia vai mal e o desemprego aumentou. “Esperamos que essa nova abordagem poupe às pessoas algum dinheiro suado”, escreveu Wu no blog da empresa.

E se por um lado a Netflix irá cancelar algumas assinaturas, do outro, ela está ganhando novas – e muitas. A Netflix bateu recorde de novos clientes em um único trimestre: 15,7 milhões nos primeiros meses de 2020. Isso, naturalmente, se deve à pandemia de Covid-19, que deixou todo mundo dentro de casa. Reed Hastings, presidente da companhia, disse não esperar por esse crescimento a longo prazo.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Transforme sua curiosidade em conhecimento. Assine a Super e continue lendo

Impressa + Digital

Plano completo da Super! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da SUPER, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Receba mensalmente a SUPER impressa mais acesso imediato às edições digitais no App SUPER, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da SUPER, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

App SUPER para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 12,90/mês