Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

O despertador do futuro e outras escolhas

Pulseira usa técnica científica para monitorar o sono e determinar qual é o melhor momento de acionar o despertador do seu iPhone - para que você acorde mais disposto, de bom humor e sem resmungar

Por Da Redação Atualizado em 31 out 2016, 18h53 - Publicado em 15 nov 2011, 22h00

Bruno Garattoni

A teoria científica
Todo mundo se mexe um pouco enquanto dorme. E cada ciclo de sono (são 5, que se alternam a cada 90 minutos) provoca um tipo de movimento diferente. Analisando os gestos da pessoa, é possível saber em qual etapa de sono ela está. Essa técnica se chama actigrafia e é usada há décadas em pesquisas científicas.

O produto
É composto de dois elementos: uma pulseira e um aplicativo que roda no seu smartphone (iPhone, Android ou BlackBerry). A pulseira, que você coloca na hora de ir dormir, tem sensores de movimento que medem os deslocamentos do pulso. Ela envia essa informação – via Bluetooth – para o smartphone.

Como funciona
Você programa no celular o horário em que quer acordar: 7h30, por exemplo. Mas o despertador não toca necessariamente nessa hora. Pode ser até meia hora antes. Isso porque, usando os dados captados pela pulseira, o sistema consegue determinar quando o sono está mais leve – e tocar o alarme nesse exato momento.

O resultado
Há estudos comprovando que despertar no ciclo correto faz a pessoa acordar mais disposta e alerta. E, como o sistema só antecipa (nunca atrasa) o alarme em relação ao horário predefinido, você não corre risco de perder a hora.

Wakemate, Nos EUA: R$ 93, wakemate.com

1. NOTÍCIAS COM MANTEIGA

“Inflação cai. Previsão para hoje é de sol. Trânsito bom nas principais avenidas.” Poucas coisas são tão rotineiras (e gostosas) quanto ouvir as notícias comendo uma torrada de manhã. Com esta torradeira-rádio, fica mais fácil ainda.

Radio Toaster, Na Europa: R$ 130, breville.co.uk

2. XADREZ A LASER

Os jogadores recebem várias peças, de vários tipos. Uma delas contém um laser. Ao final de cada rodada, ele é ligado – e reflete em espelhos colados nas demais peças. O objetivo é fazer o raio acertar o faraó do adversário.

Khet 2.0, Nos EUA: R$ 62, khet.com

Continua após a publicidade

3. CHATEAU SEM PICOLÉ

Cada tipo de vinho tem uma temperatura ideal – o que pode exigir que a bebida seja resfriada antes de servir. Mas como saber se você está fazendo direito? Com este termômetro, que gruda na garrafa.

Vignon Thermometer, Nos EUA: R$ 62, casiogzone.com

4. ANDRÓIDE HIGHLANDER

Telemarketing. Cobradores. Ligações erradas. Sabe quando dá vontade de jogar o celular na parede? Pode jogar – e queimar também. Este smartphone Android resiste a água, impactos e calor de até 85 graus.

GZ One Commando, Nos EUA: R$ 311, casiogzone.com

5. MC TABLETE

Todo DJ adora fazer tipo com seus toca-discos de vinil. Mas agora existe um jeito ainda melhor de dar uma de descoladão: a primeira mesa de som com entrada para iPad. É só carregar as músicas no tablet, encaixá-lo na mesa e mandar bala.

iDJ Live, Nos EUA: R$ 233, numark.com

6. AINDA MAIS MINI

Duas coisas definem o carrinho inglês Mini. Ele é uma graça – e é bem pequeno. Agora, menor ainda: em sua nova versão, comporta apenas 2 passageiros. Em compensação, ficou mais leve e mais ágil nas acelerações e curvas.

Mini Coupe, Nos EUA: R$ 52 mil, mini.com

Continua após a publicidade

Publicidade