Clique e Assine SUPER por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

O fim das picadas

Sem usar veneno nem repelente, adesivo "esconde" qualquer pessoa do radar natural dos mosquitos, evitando que eles piquem. Pode ser o fim de uma das maiores inconveniências do verão - e ajudar a acabar com doenças graves, como malária e dengue

Por Da Redação Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 31 out 2016, 18h48 - Publicado em 12 Maio 2014, 22h00

Bruno Garattoni e Fernando Badô

OS MOSQUITOS

Quando querem encontrar alimento, os mosquitos fazem como a maioria dos animais: se guiam pelo cheiro. Eles não têm um sistema olfativo como o nosso, mas são capazes de detectar o CO2 que exalamos enquanto respiramos. O mosquito segue a trilha desse gás para chegar até você – e aí pica sua pele para sugar sangue.

O ADESIVO

Os criadores do adesivo descobriram uma substância que supostamente impede os mosquitos de detectar CO2. Eles não revelam a composição dessa substância, desenvolvida em parceria com a Universidade da Califórnia (Riverside) e a Fundação Bill Gates. Mas dizem que é natural e não inclui nenhum tipo de veneno.

O TRUQUE

A pessoa cola o adesivo, que tem mais ou menos o tamanho de um selo, em cima da roupa. Ele começa a liberar a substância ativa, que age sobre o cérebro dos mosquitos e impede que eles cheguem perto. A pessoa sente um cheiro perfumado e discreto. O efeito dura 48 horas.

Continua após a publicidade

O PRODUTO

O adesivo já está sendo produzido pelo laboratório americano Olfactor, que promete colocá-lo no mercado em 2014. O preço supostamente será inferior ao dos inseticidas e repelentes atuais.

Kite Patch, Nos EUA: n/d, kitepatch.com

Continua após a publicidade

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.