Clique e assine a partir de 8,90/mês

Por que nos anúncios da Apple os relógios marcam sempre 9h41?

A ideia é sincronizar com os discursos de Steve Jobs - mas nem sempre dá certo

Por Da Redação - Atualizado em 31 out 2016, 18h47 - Publicado em 25 Maio 2011, 22h00

Juliana Elias

Se alguém pode dizer “meu sobrenome é Trabalho”, é Steve Jobs. Não só porque “Jobs” é “trabalhos” em inglês, mas porque o dono da Apple impregnou seu jeito preciosista e meticuloso em cada ação da sua empresa. É o caso do “mistério das 9h41”, que intriga os internautas mais atentos desde 2007, quando o primeiro iPhone foi lançado. O fato: todas as imagens que a Apple divulga do smartphone e agora do iPad mostram no visor o horário “9:41 AM”.

A Apple não comenta nenhuma estratégia de marketing – é, nem as mais bestas. Mas a inteligência coletiva da rede tem uma boa teoria. O horário seria um detalhe calculado pelos executivos da Apple: nos discursos de Jobs, o momento em que o novo produto é apresentado e sua imagem aparece pela primeira vez no telão vem por volta dos 40 minutos de fala. Como os lançamentos começam às 9 da manhã, isso seria – veja só – por volta das 9h41.

Nem sempre dá tão certo. O iPhone, por exemplo, apresentado ao mundo pela primeira vez na manhã de 9 de janeiro de 2007, teve sua primeira imagem exibida às 9h55, horário de São Francisco. Já o iPad, que revolucionou o conceito de “tablet” em 2010, foi revelado sob calorosos aplausos às 10h10.

Continua após a publicidade

Isso, como bem sabemos, não atrapalhou nem um pouco as vendas dos referidos produtos. E, de quebra, ainda deu um passatempo aos usuários mais atentos.

Publicidade