GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Por uma Internet mais lenta

Cientistas querem congestionar a rede - e por uma boa causa

Texto Circe Bonatelli

Talvez você não saiba, mas a internet polui. E muito: ela já é responsável por 2% de todas as emissões globais de CO2 (mesma quantidade de poluição gerada pelos aviões). Isso acontece porque os computadores que sustentam a rede são movidos a energia elétrica. E, quando essa energia é obtida pela queima de carvão ou outros combustíveis fósseis, polui. Mas cientistas dos EUA bolaram uma proposta intrigante para resolver o problema: eles querem deixar a internet mais lenta – e, com isso, reduzir em até 50% o seu consumo de energia. Isso mesmo. A idéia é segurar o fluxo de informações, o que daria um refresco para a infra-estrutura da rede. Em vez de ficarem ativos o tempo inteiro, os roteadores (computadores que direcionam o fluxo de dados na internet) seriam desligados. Eles só entrariam em ação quando tivessem determinada quantidade de dados para processar ou transmitir. Além de economizar energia, isso causaria congestionamentos na rede – mas os cientistas dizem que ninguém precisa se preocupar. “O atraso fica entre 3 e 20 milésimos de segundo. É imperceptível”, diz o pesquisador Sergiu Nedevschi, da Universidade da Califórnia. Ele acredita que, até 2010, toda a rede poderá estar operando no novo sistema. Enquanto isso não acontece, a preocupação com o consumo de energia já mobiliza os gigantes da internet. Para tentar resolver sua parte do problema, o Google está investindo em energia solar e montando seus centros de processamento ao lado de usinas hidrelétricas, que não poluem. Já a Microsoft achou outra saída. Ela percebeu que suas máquinas gastam muita energia mesmo quando estão trabalhando pouco. Quando você abre o Messenger, mas deixa o programa ocioso, sem bater papo, isso causa um desperdício de 60% na eletricidade consumida pela Microsoft (pois as máquinas dela, nos EUA, ficam ligadas sem necessidade). Solução? A empresa vai cortar o número de máquinas dedicadas a gerenciar o Messenger – mas jura que, apesar disso, ele não vai ficar mais lerdo. É esperar pra ver.

61 trilhões de watts é a quantidade de energia gasta, só nos EUA, pela infra-estrutura da rede a cada ano.

42 bilhões de toneladasde CO2 são jogadas na atmosfera por causa disso.

250kg de CO2 é a poluição gerada, ao longo de um ano, por um pc que fica ligado 5 horas por dia.

Fontes: Gartner Group, Foreign Policy, governo dos EUA e British Petroleum.