GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Supercondutores a caminho do calor

Ainda é preciso confirmar, mas o anuncio é daqueles que beira a glória: um supercondutor capaz de funcionar bem perto da temperatura ambiente (22°C ou 273 Kelvin). O material dá um salto de 103°C sobre o recorde anterior: ou seja, num golpe avança quase tanto quanto na ultima década. A proeza pertence a Michel Laguès, diretor de Pesquisas do Centro Nacional de Pesquisas Científicas (CNRS) da França. Com a ajuda de uma máquina capaz de empilhar átomos de diversos materiais, Laguès fabricou uma pastilha de bismuto, estrôncio, cálcio e cobre. A peça mede ínfimos 30 nanômetros de espessura (1 nanômetro vale 1 bilionésimo de metro). Mas tem 100 000 vezes menos resistência elétrica que fios comuns. Isso ocorre a partir de -23°C, contra os -126°C do recorde anterior.