Assine SUPER por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Um ciclone come o outro

Por Da Redação Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 31 out 2016, 18h38 - Publicado em 31 out 2000, 22h00

O planeta Júpiter tem mania de grandeza. Como o maior dos planetas do sistema solar (seu volume é 1 500 vezes o da Terra), ele é tão pesado que, no seu centro, a gravidade é só um pouco menor da que seria necessária para gerar reações nucleares entre seus átomos e transformá-lo em uma estrela irmã do Sol. Essa enorme força gravitacional cria ciclones espetaculares na atmosfera jupiteriana. Agora, os cientistas da Nasa observaram pela primeira vez a colisão entre duas turbulências enormes, cada uma delas quase do tamanho da Terra inteira. Eles prevêem que desse abraço nascerá um filhotão bem maior do que seus pais.

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

A ciência está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por SUPER.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.