Clique e assine com até 75% de desconto

Um consultório em casa

Novo serviço dá um passo à frente na telemedicina – com sensores que enviam dados em tempo real para o médico.

Por Bruno Garattoni 9 jul 2020, 08h56
TytoHome/Reprodução

A pandemia acelerou drasticamente a adoção da telemedicina, e hoje a maioria dos planos de saúde já oferece consultas pela internet. Mas o serviço TytoHome, que está sendo lançado nos EUA, é bem mais sofisticado. Seu elemento central é um gadget, de US$ 300, que funciona como estetoscópio, otoscópio, termômetro, depressor de língua e câmera dermatológica.

Dá para checar o coração, os pulmões, o ouvido, a garganta e a pele. Ou seja, fazer praticamente todos os exames de consultório em casa. Os sinais e as imagens são enviados em tempo real para o médico, que vai orientando você durante a consulta.

Os médicos estão disponíveis 24 horas por dia, e são fornecidos por cinco clínicas – que fecharam acordos com a startup Tyto, fabricante do aparelho. Cada consulta custa US$ 50.

Publicidade