GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Você consegue escrever corretamente os nomes dos famosos? Faça o teste

A brincadeira mostra, com gráficos, em que ponto da soletração a maioria das pessoas erra.

Jake Gyllenhaal, Macaulay Culkin e Arnold Schwarzenegger são mundialmente conhecidos pelos seus trabalhos no cinema – e pelos nomes complicados. É muito provável que você tenha dado uma conferida no Google alguma vez para saber se estava escrevendo da maneira correta (como eu fiz para começar a escrever este texto).

As dúvidas são mais comuns do que parecem, inclusive para os próprios americanos. Prova disso é o teste “The Gyllenhaal Experiment” (“O Experimento Gyllenhaal”, em inglês), criado pelos jornalistas Russell Goldenberg e Matt Daniels. Eles se inspiraram em um trabalho feito em janeiro pelo programador Colin Morris, que analisou uma série de comentários do site Reddit sobre palavras complicadas de soletrar e listou as que mais apareciam. Dentre os famosos, ele encontrou nomes como “Kaepernick” (do jogador de futebol americano Colin Kaepernick), “Galifianakis” (do ator Zack Galifianakis), “Minaj” (da cantora Nicki Minaj) e, é claro, “Gyllenhaal”.

Morris criou um gráfico para mostrar como as pessoas escreviam “Gyllenhaal” de maneiras diferentes, além da frequência de cada resultado. Para isso, ele usou um diagrama de Sankey, uma espécie de fluxograma cujo tamanho da seta é diretamente proporcional ao volume do fluxo – no caso, o número de pessoas.

O resultado ficou assim:

 (Colin Morris/Reprodução)

Cada pequeno fluxo de setas mostra os momentos de divergência na hora de escrever corretamente. Com o diagrama de Sankey, fica claro que poucas pessoas conseguem acertar a ortografia, que termina em AL. O nome do diagrama vem do seu criador, um capitão irlandês chamado Matthew Henry Phineas Riall Sankey, que o usou pela primeira vez em 1898 para um gráfico sobre a energia de uma máquina a vapor.

Como fazer o teste?

O jogo de soletração adaptou o trabalho de Morris e inseriu o nome de outros artistas, que podem ser ouvidos pelo usuário antes de tentar digitá-los.

 (THE GYLLENHAAL EXPERIMENT/Reprodução)

Apesar de inglês, o teste é bem intuitivo. Dá pra escolher outro nome ou pular direto para os resultados. Quem arrisca a soletração consegue acompanhar em tempo real a evolução do diagrama.

 

 

 (THE GYLLENHAAL EXPERIMENT/Reprodução)

 (THE GYLLENHAAL EXPERIMENT/Reprodução)

O jogo mostra as oito principais “ramificações” da ortografia do nome, partindo de resultados de pesquisa coletados do Google. Para criar a escala, eles usaram como base os dados de 2011 das buscas pelo nome “Britney Spears”. Dos mais de 600 mil resultados, todos acertavam as três primeiras letras, até que a coisa começava a ficar complicada. Não custa arriscar, certo? Clique aqui para jogar.