Blogs

10 notícias que ‘bombaram’ nas redes sociais do Planeta Sustentável em 2014

18 de dezembro de 2014

Fim de ano é sempre um ótimo momento para rever escolhas e ações e comemorar os bons resultados. Por isso, aqui no Planeta Sustentável, sempre listamos as notícias que mais causaram impacto – foram compartilhadas, favoritadas e comentadas – entre nossos leitores nas redes sociais: Facebook, Twitter e Google+. Escolhemos 10 notícias inspiradoras para celebrar com você o fim de 2014 e o novo ano, sempre com a ideia de que, com mais informação e conhecimento, podemos transformar o mundo construir um futuro melhor e mais justo para todos.

1. VIN DIESEL LANÇA DESAFIO: PLANTE UMA ÁRVORE PARA GROOT

Um dos maiores virais nas redes sociais em 2014 foi o desafio do balde de gelo, cujo objetivo era arrecadar fundos para ONG dedicada à pesquisa sobre a esclerose lateral amiotrófica. Mas não foi essa mobilização que fez sucesso nas redes do Planeta. Inspirado por ela, James Gunn, diretor do filme “Guardiões da Galáxia“, desafiou o ator Vin Diesel que aceitou, mas de um jeito diferente: lançou outra campanha – Plante uma Árvore para Groot – em homenagem ao personagem da história que é dublado por ele no cinema. James adorou a ideia e aderiu. Nossos leitores, nas redes, também. Quem topou participar do desafio plantou uma árvore e publicou uma foto pelo Instagram ou pelo Twitter com a hashtag #PlantATreeForGroot. Nossos leitores curtiram muito.

2. PRIMEIRO PARQUE PARA CRIANÇAS DEFICIENTES DE SÃO PAULO É INAUGURADO

O primeiro parque acessível de São Paulo foi uma novidade maravilhosa de 2014. A ideia veio de Rudi Fischer, executivo do setor financeiro. Após perder a filha de três anos em um acidente de carro, ele fundou o primeiro parque para crianças deficientes na cidade. A inspiração veio durante uma viagem a Israel, onde conheceu um escorregador adaptado para crianças com deficiência (com rampa em vez de escada). O parquinho acessível foi financiado por Fischer e inaugurado em 25 de janeiro em uma unidade da Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD), no Parque da Mooca, na Zona Leste. A ação será levada adiante com inauguração de mais espaços semelhantes em São Paulo e outras cidades, como Recife e Porto Alegre.

3. SAUDITA INSTALA GELADEIRA NA RUA PARA INCENTIVAR DOAÇÃO DE ALIMENTOS

Um terço de toda comida produzida no mundo vai para o lixo. Pensando nisso, um morador da cidade de Ha’il, na Arábia Saudita, encontrou uma solução simples para ajudar a reduzir a fome e o desperdício de alimentos: instalou uma geladeira em frente a casa onde mora e convidou vizinhos a doarem a comida excedente de suas refeições.

saudita-instala-geladeira-combate-fome

4. CONCURSO DA ONU ABRE VAGAS PARA JOVENS PROFISSIONAIS

Escolher uma boa profissão e trabalhar em um lugar bacana é o sonho de boa parte do mundo. Por isso, sempre que a ONU abre inscrições para seleção de funcionários públicos internacionais em seu portal de carreiras, a notícia explode na internet. Foi o que aconteceu este ano, também entre os leitores do Planeta Sustentável, com a divulgação do Programa Jovens Profissionais, que busca candidatos qualificados para atuar em diversas áreas das Nações Unidas, anualmente: Economia, Direitos Humanos, Tecnologia da Informação, Fotografia, Assuntos Políticos e Produção de Rádio.

5. KENNY, PRIMEIRO TIGRE BRANCO COM SÍNDROME DE DOWN

Kenny chamou a atenção da mídia – e dos leitores do Planeta Sustentável – em 2014 por sua deficiência. Ele nasceu da experiência que forçou o cruzamento entre dois tigres brancos irmãos, com deformidades no rosto, má formação bucal e possíveis deficiências mentais (que não foram confirmadas na época em que a notícia se espalhou). Kenny morreu de câncer em 2008, com 10 anos de idade, na reserva Turpentine Creek, para onde foi levado após ser rejeitado pelo criadouro.

 

6. OS 20 PROFISSIONAIS MAIS BEM PAGOS NA ÁREA AMBIENTAL

Uma pesquisa feita pelo site de empregos Catho trouxe uma boa notícia para profissionais brasileiros ligados à área ambiental. Os salários dos profissionais brasileiros aumentaram nos últimos anos. A média no setor era de R$ 4.627,54 em 2012 e subiu para R$ 4.988,29 em 2014. Sem dúvida, a valorização dessas profissões é também resultado do aumento da consciência ambiental no mundo empresarial.

7. BOLIVIANA CONSTRÓI CASAS DE GARRAFAS PET PARA FAMÍLIAS CARENTES EM 20 DIAS O desejo da boliviana Ingrid Vaca Diez era construir casas com garrafas pet para famílias em situação de extrema pobreza. Assim, criou a Casas de Botellas, no ano 2000, e construiu mais de 300 casas – feitas de garrafas recicláveis e cimento sustentável (barro, açúcar, mingau e linhaça) –, não só em seu país, como também na Argentina, México, Panamá e Uruguai. Segundo ela, com 82 garrafas PET de 2 litros por metro quadrado e a ajuda de 10 voluntários, é possível construir uma casa em 20 dias.

8. COMO SERÁ A PRIMEIRA CIDADE 100% SUSTENTÁVEL NO PLANETA

Parece sonho, mas a primeira cidade 100% sustentável do planeta – que noticiamos (pela primeira vez) em 2008  - já começou a ser construída e vai virar realidade até 2030. Masdar (fonte, em árabe) está sendo construída em um deserto nos Emirados Árabes Unidos, a 30 km da capital, Abu Dhabi. Nossos leitores ficaram interessadíssimos por esta cidade do futuro que terá 6 km2, abrigará 40 mil pessoas e apenas empresas não poluidoras. Masdar será abastecida apenas por energias renováveis, reutilizará o lixo que produz, terá transporte público movido a eletricidade e neutralizará todas as emissões de gás carbônico. O custo do projeto é de US$ 22 bilhões.

9. 7 HÁBITOS DE PESSOAS QUE TÊM CONSIDERAÇÃO PELOS OUTROS

Abdulla M. Abdulhalim, candidato a PhD em pesquisas dos serviços de saúde farmacêuticos na Universidade de Maryland, estudou – ao lado de outros seis estudantes – sobre a consideração especial que algumas pessoas têm pelas outras e por qual motivo isso é importante. De acordo com o estudo, agir com consideração costuma ser um ato inconsciente, não intencional. Mas conhecer os hábitos das pessoas que agem assim pode nos ajudar a criar esse hábito e torná-lo parte do dia a dia com o mundo que nos cerca. Trata-se de algo tão importante para os leitores do Planeta Sustentável que a notícia está entre as mais lidas nas redes sociais.

10. MULHER COMPRA VESTIDO E ACHA DENÚNCIA DE TRABALHO ESCRAVO NA ETIQUETA  Ao comprar um simples vestido de verão na loja de varejo Primark, a jovem inglesa Rebecca Gallagher se viu “envolvida” em um caso de trabalho escravo que se tornou bem conhecido. A etiqueta da peça trazia um pedido de socorro escrito à mão: “Somos forçados a trabalhar por horas exaustivas”. Depois de procurar a confecção, sem retorno, ela divulgou a notícia na imprensa, que se espalhou pelo mundo e nas redes sociais do Planeta também. Mais uma oportunidade para disseminar um dos temas mais complicados de nossa sociedade: a exploração de adultos e crianças. Ao comprar produtos baratos demais, é importante refletir sobre sua origem porque, geralmente, há pessoas que não têm seus direitos respeitados envolvidas em sua fabricação.


Volta para casa: escola da floresta ensina orangotangos a viver na natureza selvagem

17 de dezembro de 2014

volta-para-casa-escola-floresta-ensina-orangotangos-viver-floresta-blog-super

Dora, esta adorável orangotango da foto acima, tem apenas 5 anos. Todavia, ela não conhece a floresta. Durante a maior parte de sua vida, foi criada ilegalmente como um animal de estimação.

Há cerca de um ano Dora foi levada para um centro de reintegração no Parque Nacional de Bukit Tigapuluh, em Sumatra, na Indonésia. Coordenado pela Sociedade Zoológica de Frankfurt (ZGF), o programa tem como objetivo proteger o habitat de espécies como elefantes, tigres, rinocerontes e orangotangos e ajudar na readaptação de muitos destes animais na mata tropical.

Nesta escola da floresta, Dora aprende, por exemplo, a se balançar e saltar entre os galhos das árvores. Algo que seria natural para qualquer animal da espécie, ainda é um desafio para ela. A orangotango precisa aprender a escolher galhos mais fortes, caso contrário, pode cair do alto e se machucar.

Outra lição necessária é a busca por alimento. Animais que vivem em cativeiro ficam acostumados a receber comida, que geralmente é mais saborosa do que aquela encontrada na floresta. “O alimento na mata é mais duro e menos doce”, diz Peter Pratje, diretor do projeto. Nas estações em que há poucas frutas, orangotangos comem insetos e folhas. Os treinadores de Dora a ensinam a achar e comer cupins, ricos em proteína.

Sem este aprendizado, Dora não sobreviverá na floresta. Atualmente há cerca de 7 mil orangotangos na Indonésia. Segundo o WWF, esta é uma das espécies de primatas que mais corre risco de extinção. Nas últimas décadas, a população de orangotangos foi reduzida pela metade. Por isso mesmo, a reintrodução de animais como Dora na natureza é tão importante.

Até agora, o projeto da entidade alemã já devolveu ao Parque Nacional de Bukit Tigapuluh 160 orangotangos. “Com este trabalho tentamos garantir que a espécie sobreviva no futuro”.

Recentemente Dora recebeu seu “diploma”. Foi levada até a floresta, sua casa definitiva daqui para diante. Enfim, de volta ao lar. Na natureza selvagem, de onde esta adorável orangotango nunca deveria ter sido retirada.

Leia também:
Edward Wilson pede devolução de metade da Terra para os animais
A biodiversidade corre perigo
Mineração ameaça orangotangos em Bornéu
Extinta na natureza, ararinha-azul pode voltar à caatinga

Foto: Stephanie Rahn 


Designer americana transforma jaquetas velhas em bolsas cheias de estilo

10 de dezembro de 2014

reMade USA-blog-super

Shannon South sempre achou que tínhamos demais. Compramos o que não precisamos e enchemos nossas casas de bens desnecessários. Apesar de ser uma designer de produtos, a americana nunca se rendeu ao apelo do consumo e só gastava dinheiro com aquilo que realmente tinha valor para ela.

Em 2008, Shannon se deparou com uma jaqueta de couro no armário que ela não vestia há muito tempo. Foi naquele momento que surgiu a inspiração para a reMade USA.

Apaixonada pela criação de bolsas, ela decidiu transformar a velha jaqueta vintage numa peça contemporânea e cheia de estilo. A ideia foi um absoluto sucesso. Em pouquíssimo tempo, o número de pedidos de pessoas interessadas em reciclar suas peças de couro, que estavam sem uso no guarda-roupa, começou a crescer.

Shannon inaugurou então o website reMade USA, em que os clientes enviam suas jaquetas e escolhem o estilo de bolsa em que querem que elas sejam transformadas. Além deste negócio, a designer abriu o estúdio Shannon South no bairro de Brooklyn Navy Yard, em Nova York, onde desenvolve suas próprias coleções.

O princípio da marca leva em conta sustentabilidade e preocupação ambiental. A designer produz peças com sobras de couro da indústria de móveis. Os modelos não são feitos seguindo tendências da moda: são simples, clássicos e principalmente – duráveis. “A ideia é que elas sejam usadas ano após ano”, diz Shannon.

remadestories6-blog-super

Fotos: divulgação


Viaje de bicicleta pelo Brasil e ganhe hospedagem por cinco dias

5 de dezembro de 2014

viaje-bicicleta-brasil-ganhe-hospedagem-hostel-el-misti_560

Cama, comida e bicicleta guardada, na faixa. Esse é o incentivo da rede de hostels e pousadas El Misti* para quem quer se aventurar de bike pelo Brasil e ainda economizar o dinheirinho de cinco dias de hospedagem e café-da-manhã.

É tudo em nome da difusão da prática do cicloturismo. A iniciativa, batizada de Bikepackers, foi ideia do argentino fundador da rede, German Olano, que usa a magrela como principal meio de transporte.

Animou-se a pedalar na estrada? Para ganhar até cinco diárias gratuitas em cada um dos hostels da rede, é preciso provar – por meio de fotos, documentos e materiais – que está viajando de bicicleta. Até agora, são nove unidades: oito ficam no Rio de Janeiro (Búzios, Ilha Grande e Rio de Janeiro) e uma na Bahia (Salvador).

Podem participar do programa pessoas viajando sozinhas ou em grupo. Se for reserva individual, são cinco diárias em cada hostel. Já quem viaja em grupo tem direito a cinco diárias grátis para dividir entre todos como quiser.

Mas atenção! É preciso fazer reserva antecipada pela internet ou pelo telefone 0800 0202661.

*El Misti

Leia também:
Quem viaja de bike ganha cama e comida em rede de hostels
“Adote uma Ponte” quer mais segurança para ciclistas e pedestres de SP
Aplicativo mapeia ciclovias e pontos de aluguel de bicicletas em SP
Presidente do Egito pede que população caminhe e use mais bicicleta
Elly Blue: ″EUA podem aprender com Brasil sobre mobilidade″

Foto: Reprodução/Facebook do El Misti


#DiaDeDoar mobiliza o país e o mundo: veja como participar

2 de dezembro de 2014

dia-de-doar-mobiliza-brasil-mundo-veja-como-participar-blog-super

Mônica Nunes e Suzana Camargo

Hoje, 2/12, empresas, organizações do terceiro setor e indivíduos do mundo todo se unem no movimento internacional #DiaDeDoar ou #GivingTuesday.

O objetivo desta iniciativa – liderada aqui no país por várias ONGs como os institutos Doar, Acorde, Arredondar e Sitawi - é mobilizar milhões de pessoas em prol de uma ação: o ato de doar. Gesto simples e generoso, que pode mudar a vida de muitas outras pessoas.

No Brasil, mais de 400 participantes já aderiram a este dia tão especial em 21 estados do pais. O Planeta Sustentável também!

Além do post Todo mundo tem algo para doar, publicado em 19/11, aqui no Blog da Redação, e do encontro com o educador Eugenio Mussak na Editora Abril (que teve transmissão ao vivo), convidamos nossos blogueiros para participar deste movimento com uma espécie de “blog action day”. E todos toparam, cada um dentro de sua especialidade. Eis os temas escolhidos por eles:

Giu Capello, do blog Gaiatos e Gaianos, escreveu sobre a doação como abertura de espaço ao amor;
Liana John, do Biodiversa, escolheu a campanha das araras azuis “Adote um Ninho” como tema;
Julio Lamas, do Urbanidades, fala dos projetos de doação de bicicletas em diversas cidades brasileiras (também comentados pelo blogueiro Afonso Capelas,  à sua maneira, no blog Sustentável na Prática, na semana passada);
Juliana Arini, com seus Bichos do Pantanal, também participa deste dia divulgando a campanha para ajudar os pescadores artesanais do Pantanal de Cáceres e
José Eduardo Mendonça, do Planeta Urgente, conta porque as pessoas não querem doar órgãos.

E você? O que pensa em doar neste dia tão especial? Vale objetos, roupas, dinheiro, sangue (e plaquetas), medula, registrar sua intenção de doar órgãos, se comprometer com a doação mensal a uma ONG com a qual se identifica, doar carinho, atenção, uma prece…

Para finalizar este post e inspirar você, ainda listamos diversas ações bacanas realizadas pelo Brasil:

Fundação Dorina Nowill para Cegos, que trabalha com inclusão da pessoas com deficiência visual, criou campanha online de financiamento coletivo para ajudar na reabilitação e desenvolvimento para pessoas cegas e com baixa visão. As doações variam entre 29 reais e 119 reais;
- O Movimento Arredondar – que convida os consumidores a doarem, na hora da compra, os centavos que serão destinados a projetos sociais - já tem a adesão de muitas marcas como Puket, Malwee, Track & Field, Crocs, Cori, Makers, Carinhoso, Scene, OffFashion, Luigi Bertoli, NK e Grifer;
- No Instituto da Criança, no Rio de Janeiro, colaboradores irão apadrinhar crianças de uma instituição, que receberão presentes em 19/12, durante a festa de confraternização da entidade;
- O restaurante Mangiare, em São Paulo, fará um coquetel beneficente em 02/12. A renda obtida com a venda dos convites será revertida para a organização Banco de Alimentos;
- O Projeto Transforma, em Florianópolis, montou a “árvore dos desejos” no hall de entrada da sede da Associação dos Empregados da Eletrosul, no bairro do Pantanal. São aceitas doações de brinquedos educativos, livros de histórias infantis e jogos;
- A organização Sitawi – Finanças do Bem lançou o Desafio Brasil de Crowdfunding para captar 500 mil reais para projeto social no Brasil;
- Várias APAES participam do movimento #DiaDeDoar pelo Brasil: Água Boa (MG), Itanhaém (SP), Jundiai (SP), São Paulo (SP), Salvador (BA), Três de Maio (RS) e Uberlândia (MG);
- O Instituto Agires, em São Paulo, lançou campanha de divulgação para captação de recursos. As doações ajudarão na manutenção e na alimentação de mais de 4 mil crianças e jovens integrantes dos projetos da entidade;
- A Santa Casa de Maringá, no Paraná, envolveu toda a cidade pelo #DiaDeDoar e instalou outdoor para pedir doações;
- Em Senhor do Bonfim, na Bahia, algumas entidades - Associação Amigos das Crianças, Associação Parceira das Crianças, Pastoral da Criança Associação de Equoterapia de Senhor do Bonfim – sairão às ruas do centro da cidade, neste #DiaDeDoar, para pedir doações;
- O FECAP, centro universitário em São Paulo, promoverá o #diadedoar com seus milhares de alunos. A instituição vai arrecadar brinquedos que serão entregues a uma organização do bairro da Liberdade;
- Em Goiânia, a Associação de Combate ao Câncer, que mantém o Hospital Araújo Jorge, está incentivando seus apoiadores a realizar bazares para levantar recursos para o hospital e fazer doações;
- O Centro Mineiro de Alianças, em Belo Horizonte, realiza grande bazar. Os recursos serão utilizados para fortalecer organizações da sociedade civil da cidade;
Instituto Jurumi, em Brasília, promove evento para levantar recursos para a proteção do tamanduá bandeira, cuja existência está em perigo no Cerrado;
Move Rio, associação criada para engajar indivíduos com projetos sociais para o desenvolvimento do Rio de Janeiro, busca doações;
Amor em Cartas, organização sem fins lucrativos que resgata o poder do amor e promove o bem ao próximo por meio de cartas escritas à mão, articula 500 voluntários para espalhar belas mensagens por todo o país;

Viu como há muitos brasileiros que se mobilizam pelo bem de todos? E você também pode participar deste #DiaDeDoar… todos os dias. No site do movimento, há muitas iniciativas indicadas também. Uma pode ter a sua cara.

Vamos transformar nosso país num lugar mais justo e sustentável. Doe e faça a diferença!

Ah… e se você perdeu o encontro com Eugenio Mussak, na Editora Abril, assista ao vídeo de sua palestra aqui. Se ainda busca inspiração, com certeza vai encontrar muita em suas palavras.

Aproveite para ler dois artigos do educador, publicados no site do Planeta Sustentável também:
Ser generoso (escrito com exclusividade para o Planeta Sustentável, para celebrar este #DiaDeDoar) e
Generosidade (escrito para a revista Vida Simples em 2009, e muito atual!).