Clique e assine a partir de 8,90/mês
Contando Ninguém Acredita Por Blog As notícias mais bizarras e surreais do mundo

Cena de “Amanhecer” pode ter causado ataque epilético em espectadores

Por Luiza Sahd - Atualizado em 4 jul 2018, 20h34 - Publicado em 25 nov 2011, 13h13

O penúltimo capítulo da saga “Crepúsculo” levou multidões aos cinemas na última semana. Como era de se esperar, o filme recebeu duras críticas, mas continua arrebatando os corações dos fãs.  Surpresa mesmo, só os rumores de que a película estaria causando ataques epiléticos em algumas pessoas.

De acordo com o jornal britânico The Guardian, dois casos de convulsão foram registrados em sessões de “Amanhecer” nos Estados Unidos. O californiano Brandon Gephart foi levado às pressas para um hospital local depois de passar mal durante a cena em que Bella Swan (Kristen Stewart) dá à luz o filho do vampiro Edward Cullen (Robert Pattinson). “Ele estava bufando, tentando respirar. Fiquei muito assustada”, disse sua namorada. A sessão a que Gephart assistia foi cancelada com a chegada dos paramédicos.

(Foto: Reprodução/ The Guardian)

Em Utah, um homem também teve um ataque durante a mesma cena do filme. “Eu realmente não lembro o que aconteceu depois disso. Acho que apaguei. Minha esposa contou que eu tremia e murmurava sons diferentes”, disse o homem, que não forneceu sua identidade por medo de perder o emprego.

Continua após a publicidade

Especialistas afirmaram que a cena do parto de Bella é repleta de luzes vermelhas, brancas e pretas, que podem provocar episódios de epilepsia fotossensível. “A luz atinge o cérebro de uma só vez. O problema com os cinemas é que eles são muito escuros e a luz piscando é como uma luz estroboscópica”, disse o Dr. Michael G Chez.

*Com informações do The Guardian

Publicidade