Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Contando Ninguém Acredita Por Blog As notícias mais bizarras e surreais do mundo

Justiça francesa decidirá se as pessoas poderão sorrir na foto de passaporte

Por Lucas Massao Atualizado em 4 jul 2018, 20h34 - Publicado em 4 out 2016, 13h09

passaporte

Os cidadãos franceses logo poderão dar um belo sorriso na hora de tirar fotos para passaportes, com uma determinação de uma corte parisiense. Um servidor público que não foi identificado processou as autoridades da França após ter sua solicitação de passaporte negada por causa de um sorriso. A atitude, segundo ele, era uma tentativa de “dar uma injeção de moral em uma nação deprimida”. Em uma carta enviada à Justiça, o servidor escreveu “É responsável que as autoridades reprimam um francês por sorrir em uma França deprimida?”.

Se depender do francês sorridente e de Romain Boulet, seu advogado, a fama de país deprimido que a França possui está prestes a mudar. O homem, que não deseja revelar sua identidade, perdeu em seu julgamento na primeira instância, já que a corte francesa determinou que uma pessoa deve manter uma expressão neutra e a boca fechada na sua foto para o passaporte. “É fácil sorrir com uma expressão neutra enquanto se está com a boca fechada”, afirmou Boulet, citando a Mona Lisa como exemplo.

Um porta-voz do Ministério do Interior da França respondeu às declarações e reforçou a ideia de que o servidor “não tinha uma expressão neutra porque estava indubitavelmente sorrindo”. Agora, cabe ao tribunal de apelações de Paris decidir se as pessoas podem, ou não, levantar levemente os cantos de suas bocas. A decisão, segundo Boulet, pode mudar a opinião que o mundo tem sobre os franceses “Se ganharmos, os franceses darão ao seu país uma cara agradável”.

Com The Independent

Continua após a publicidade

Publicidade