Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

24 horas de filmes de Natal em lista

Por Redação Super Atualizado em 21 dez 2016, 09h19 - Publicado em 23 dez 2014, 11h45

Por Raquel Sodré

 

Natal é sempre uma época nostálgica. Para uns, o evento traz a sensação de família reunida, de comilança sem fim, de férias. Para outros, o tom é de saudades, ou de angústia pelo fim de mais um ano.

Mas, invariavelmente, o Natal é marcado por aqueles filmes que a gente já cansou de ver (mas que, na verdade, nunca vamos cansar de ver). Para quem quer fazer uma maratona desses clássicos de Natal, selecionamos uma lista com mais de 24 horas de filmes nostálgicos para assistir com a família, comendo os restos das rabanadas e beliscando uns pedaços de peru.

 

15) Combo ação: Duro de Matar 1 (1988, 131 min) (bônus: “Duro de Matar 2″ -1990, 124 min. – e “Máquina Mortífera” – 1987, 110 min.)

Para quem achou que esta lista só ia ter filmes fofos, começamos já com um combo ação, porque aventuras também acontecem na época de Natal (que o digam Obama e Raúl Castro). Os dois primeiros filmes da franquia “Duro de Matar”, com Bruce Willys, e o primeiro “Máquina Mortífera”, com Dany Glover e Mel Gibson, podem ser considerados filmes natalinos (principalmente pela carga de afeto pelos anos 90 que eles carregam). Com esses três, cumprimos nossa taxa de ação de Natal (como se comprar os presentes não fosse ação suficiente) e atendemos a quem gosta de barulhos, explosões e carros sendo arremessados para o alto.

 

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=2TQ-pOvI6Xo?wmode=transparent&fs=1&hl=en&modestbranding=1&loop=0&iv_load_policy=3&showsearch=0&rel=1&theme=dark&w=425&h=344%5D
 

14) Na Roda da Fortuna (1994, 111 min.)

Este é um filmaço! Dirigido pelos irmãos Coen, “Na Roda da Fortuna” conta a história de Norville Barnes (Tim Robbins), um funcionário de baixo calão que é escolhido para assumir a presidência da empresa Hudsucker Industries depois que seu fundador comete suicídio. Sua nomeação faz parte de um plano do conselho diretor da empresa, que tem a ideia de promover um idiota completo para que as ações da empresa caiam, eles possam comprá-las por centavos, reerguê-las e ganhar muito dinheiro. Mas os planos deles não saem bem como o planejado (e mais que isso não digo, porque, se você viu, vai querer ver de novo. E se não viu, vá cobrir esta lacuna cultural!).

 

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=daazC0kx3nc?wmode=transparent&fs=1&hl=en&modestbranding=1&loop=0&iv_load_policy=3&showsearch=0&rel=1&theme=dark&w=425&h=344%5D
 

13) Simplesmente Amor (2003, 135 min.)

Confesso: este filme está nesta lista pela música tema. Nunca mais a música “Love is All Around” foi a mesma depois de “Simplesmente Amor” – pelo menos, não para mim. A paródia “Christmas is All Around” (que, na verdade, só troca “love” por “Christmas” e é horrível!) é o tema desse filme. No enredo, são contadas várias histórias de amor e os – óbvios – obstáculos até todo mundo se entender. Todo o filme acontece nas cinco semanas antes do Natal.

 

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=KdzH6a-XEGM?wmode=transparent&fs=1&hl=en&modestbranding=1&loop=0&iv_load_policy=3&showsearch=0&rel=1&theme=dark&w=425&h=344%5D
 

12) Expresso polar (2004, 100 min)

Este é para assistir com as crianças. Em “Expresso Polar”, o menino protagonista (voz de Tom Hanks) começa a duvidar da existência do Papai Noel (quem nunca?). Na véspera do Natal, ele embarca em um trem expresso para o Polo Norte e para a casa do Bom Velhinho. Durante a jornada, ele acaba fazendo uma experiência de autoconhecimento e se surpreendendo com a vida. Um filme bonitinho de doer!

 

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=ex_S7iOdTGg?wmode=transparent&fs=1&hl=en&modestbranding=1&loop=0&iv_load_policy=3&showsearch=0&rel=1&theme=dark&w=425&h=344%5D
 

11) O Conto de Natal dos Muppets (1992, 85 min.)

Para relembrar os tempos de Muppet Babies na TV, “O Conto de Natal dos Muppets”. A história é a de Scrooge, um velho rabugento, avarento e egoísta, que é visitado pelos três espíritos – do passado, do presente e do futuro – na noite de Natal. A diferença são os personagens dos Muppets, aquelas fofuras.

 

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=dhpu2tq9GG4?wmode=transparent&fs=1&hl=en&modestbranding=1&loop=0&iv_load_policy=3&showsearch=0&rel=1&theme=dark&w=425&h=344%5D
 

10) Os Fantasmas de Scrooge (2009, 96 min.)

De carona, a animação dirigida por Robert Zemeckis também conta a história do horrível Scrooge. A graça aqui fica por conta da interpretação de Jim Carrey, que faz a voz do personagem principal.

 

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=AEyKKt9EfeI?wmode=transparent&fs=1&hl=en&modestbranding=1&loop=0&iv_load_policy=3&showsearch=0&rel=1&theme=dark&w=425&h=344%5D
 

9) Milagre na rua 34 (1994, 114 min.)

Releitura de uma película de 1947, neste filme mais uma criança duvida da existência do Papai Noel (tá rolando uma crise de credibilidade, aparentemente). Dessa vez, a incrédula é a Matilda Susan (Mara Wilson), uma menininha de 6 anos. Depois de conhecer um Papai Noel de loja bem covincente, ela volta a acreditar no Bom Velhinho.

 

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=yiypbCFV7Ao?wmode=transparent&fs=1&hl=en&modestbranding=1&loop=0&iv_load_policy=3&showsearch=0&rel=1&theme=dark&w=425&h=344%5D
 

8) Um herói de brinquedo (1996, 89 min.)

Este é especial porque mostra a sina de todo mundo que deixa pra comprar o brinquedo do filho/sobrinho/afilhado em cima da hora. As lojas cheias, o estresse, ter que chegar às vias de fato para conseguir o bendito do presente são sensações e experiências com as quais todo mundo se identifica. No filme, Arnold Schwarzenegger faz o papel desse pai, o que esqueceu de comprar o presente do filho. Ele enfrenta os maiores desafios para ter um boneco do Turbo Man para dar a seu garoto no dia do Natal.

 

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=EnxoWOEFdQE?wmode=transparent&fs=1&hl=en&modestbranding=1&loop=0&iv_load_policy=3&showsearch=0&rel=1&theme=dark&w=425&h=344%5D
 

7) Feliz Natal, Charlie Brown (1965, 25 min.)

É um curta feito para a televisão – e, certamente, você já o assistiu na TV Globinho de Natal. Na história, Charlie Brown se incomoda com os rumos comerciais que o Natal tomou e resolve buscar o verdadeiro significado da data. Fica a dica.

Continua após a publicidade

 

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=eGSilAxmJUs?wmode=transparent&fs=1&hl=en&modestbranding=1&loop=0&iv_load_policy=3&showsearch=0&rel=1&theme=dark&w=425&h=344%5D

 

 

6) Férias frustradas de Natal (1989, 97 min.)

Eles não desistiram depois das férias frustradas de verão e voltaram para te divertir mais ainda neste Natal (anúncio do filme na TV mode: on). Também um clássico dos anos 80/90, “Férias Frustradas de Natal” traz um dos maiores nomes da comédia, Chevy Chase. Com aquele tipo de humor atrapalhado típico do pastelão, ele tenta arrumar a casa para o Natal em família. Dispensável dizer que tudo dá errado no processo, (spoiller allert!) mas dá certo no final.

 

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=decUIVkZ4GI?wmode=transparent&fs=1&hl=en&modestbranding=1&loop=0&iv_load_policy=3&showsearch=0&rel=1&theme=dark&w=425&h=344%5D
 

5) Gremlins (1984, 106 min.)

O simples nome já faz meu coração doer  de saudades! “Gremlins” é, provavelmente, um dos filmes que eu mais assistir na vida (ele é “História Sem Fim”), e ele também é um filme de Natal – o que significa que eu tenho uma boa desculpa para assistí-lo de novo todo ano. Na história (que todo mundo conhece), Billy Peltzer (Zach Gallian) ganha de seu pai uma criaturinha da espécie Mogwai, que ele batiza de Gismo. O bicho não pode ser exposto à luz do sol, nem ser molhado, nem comer depois da meia-noite. Como Peltzer não consegue evitar nada disso, acontece o caos.

 

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=8nGd36NhmTE?wmode=transparent&fs=1&hl=en&modestbranding=1&loop=0&iv_load_policy=3&showsearch=0&rel=1&theme=dark&w=425&h=344%5D

 

 

4) A Vida de Brian (1979, 94 min.)

Nossa lista de filmes de Natal não poderia deixar de ter “A Vida de Brian”, do Monty Python. O filme narra a história de Brian (Graham Chapman), que nasceu em um estábulo na noite de Natal, bem ao lado de Você-Sabe-Quem (dica: não é o Voldemort). Os judeus estão procurando uma forma de se libertar do declínio de Roma. Eles buscam por sinais divinos, e um grupo decide que Brian é o messias e ele não consegue convencê-los do contrário. Então ele se junta à Frente Popular da Judeia – um dos vários grupos que não faz nada, mas odeia os romanos. O filme trata de pessoas que não tinham tempo ou interesse para ouvir a mensagem de Jesus – com direito a muitas reflexões políticas e sociais travestidas de humor.

 

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=vVHhg67RVd4?wmode=transparent&fs=1&hl=en&modestbranding=1&loop=0&iv_load_policy=3&showsearch=0&rel=1&theme=dark&w=425&h=344%5D

 

 

3) O Grinch (2000, 104 min.)

Vencedor de um Oscar, o filme mostra a história de como a menina Cindy Lou Who (Taylor Momsen) tenta fazer o Grinch (Jim Carrey), uma criatura malévola, voltar a gostar do Natal. O plano de Cindy dá errado, e o Grinch passa a odiar o Natal ainda mais. Ele, então, elabora um plano para se vestir de Papai Noel e roubar a data. O filme tamém propõe uma reflexão sobre o real sentido do Natal, além de trazer Jim Carrey em uma daquelas atuações caricatas que ele faz tão bem.

 

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=DD0m9t4WHEQ?wmode=transparent&fs=1&hl=en&modestbranding=1&loop=0&iv_load_policy=3&showsearch=0&rel=1&theme=dark&w=425&h=344%5D

 

 

2) O Estranho Mundo de Jack (1993, 76 min.)

Apesar de, em Português, essa associação não ficar nada clara, “O Estranho Mundo de Jack” é, sim, um filme de Natal. Aliás, toda a história começa quando Jack Skellington (voz de Chris Sarandon e Danny Elfman), rei da Terra do Halloween, descobre a Terra do Natal. Ele fica tão entusiasmado com a novidade, que tenta convencer os morcegos, fantasmas e goblins a organizarem um Natal em vez de um Halloween. Mas, bem, eles não entendem o conceito do Natal e acabam fazendo tudo errado.

 

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=8qrB9I3DM80?wmode=transparent&fs=1&hl=en&modestbranding=1&loop=0&iv_load_policy=3&showsearch=0&rel=1&theme=dark&w=425&h=344%5D

 

 

1) Esqueceram de Mim – Parte 1 (1990, 103 min.)

Foi um filme revolucionário quando foi lançado. Todas as crianças queriam ser esquecidas sozinhas em casa e virar um miniherói da vida real, como o protagonista. O filme acabou virando uma franquia (grande, grande erro), e o segundo ainda dá para assistir (apesar das imensas semelhanças com o primeiro – aliás, ele quase é o primeiro) – mas do terceiro em diante, pode esquecer. Se alguém ainda não viu, é a história de quando Kevin McCallister (Macaulay Culkin), um garotinho de 8 anos, é esquecido sozinho em casa pela família (má como, quem esquece uma criança em casa?? Acredite: na história, faz muito sentido). Mal-criado, ele primeiro fica feliz por poder aproveitar a casa toda só para ele, mas depois precisa se ocupar em defendê-la de dois bandidos muito maus (Joe Pesci e Daniel Stern) que estão planejando assaltar as casas daquela vizinhança – todas vazias por causa do feriado de Natal.

 

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=CK2Btk6Ybm0?wmode=transparent&fs=1&hl=en&modestbranding=1&loop=0&iv_load_policy=3&showsearch=0&rel=1&theme=dark&w=425&h=344%5D

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade