Clique e assine a partir de 8,90/mês
Oráculo Por Blog Pode perguntar que a redação da SUPER responde: oraculo@abril.com.br

Por que o som do fone de ouvido não se espalha pelo ambiente?

Por Bruno Vaiano - Atualizado em 5 jun 2020, 16h47 - Publicado em 26 Maio 2020, 20h06

Mas é claro que espalha. Basta que o volume esteja alto o suficiente. A questão é que o volume não precisa (nem deve) ser tão alto. Porque os fones ficam tão próximos dos seus tímpanos que qualquer som, por mais baixinho que pareça da perspectiva de quem está do seu lado, ainda soará extremamente alto para você. 

Só para dar uma idéia: um amplificador de guitarra com potência de 100 watts abastecendo um gabinete com quatro alto-falantes de 12 polegadas (30 cm) de diâmetro alcança 110 decibéis com facilidade se o guitarrista estiver a um metro de distância. 110 decibéis equivale a um Boeing decolando a 60 metros de distância. O suficiente para danificar sua audição permanentemente se você passar muito tempo fazendo cosplay do Hendrix. Para um par de fones de ouvido alcançar o mesmo número de decibéis, eles precisa de aproximadamente um milésimo da potência – ou seja, 0,1 watt. É muito menos, porque seu ouvido está literalmente grudado na fonte do som. 

 

 

A maior parte das pessoas não ouve música a apenas um metro de distância dos alto-falantes. Essa é uma distância muito pequena, que seria bastante incômoda. Por isso, a maior parte dos fones precisa de uma potência bem mais humilde que a usada no exemplo acima para alcançar um volume confortável. Algo entre 10 e 20 milésimos de watt, o que equivale a um amplificador de 10 ou 20 watts a um metro de distância. Do tipo que é usado por guitarristas iniciantes para praticar no quarto sem incomodar os vizinhos (e sem estourar os próprios tímpanos).

Pergunta de @matheusfelipe848, via Instagram

Continua após a publicidade
Publicidade