Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Oráculo Por aquele cara de Delfos Ser supremo detentor de toda a sabedoria. Envie sua pergunta pelo inbox do Instagram ou para o e-mail bruno.vaiano@abril.com.br.

Por que os móveis estalam à noite?

Eles também estalam de dia, mas é mais difícil ouvir. Quando há uma mudança de temperatura, os móveis se expandem ou se contraem, e as peças se reacomodam.

Por Bruno Vaiano Atualizado em 4 jun 2021, 13h38 - Publicado em 13 out 2020, 09h59

Vamos conversar sobre o conceito de temperatura. Uma coisa quente é algo que, na escala atômica, está com as partículas que a compõem muito agitadas, balançando para cá e para lá. Já uma coisa fria está com seus átomos em um estado monótono, lânguido.

Conforme o anoitecer se aproxima, a temperatura ambiente cai e o grau de agitação microscópica dos seus móveis diminui. A questão crucial é que átomos ouriçados ocupam mais espaço do que átomos calminhos (imagine a diferença entre a fila do gargarejo em um show do Roberto Carlos e um do Metallica e fica fácil entender por quê: os headbangers pressionam a grade constantemente).

  • Ou seja: os móveis se contraem e se expandem todos os dias. Conforme fazem isso, suas peças se acomodam em posições ligeiramente diferentes – e estalam no processo. Os estalos também rolam durante o dia, mas os demais ruídos do horário comercial os ofuscam.

    Pergunta de @gi_abb_, via Instagram.

    Continua após a publicidade
    Publicidade