Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Oráculo Por aquele cara de Delfos Ser supremo detentor de toda a sabedoria. Envie sua pergunta pelo inbox do Instagram ou para o e-mail bruno.vaiano@abril.com.br.

Quando a fila ao lado parece mais rápida, vale a pena mudar de faixa?

Não: na maior parte das situações, isso é ilusão de apressadinho.

Por Bruno Vaiano Atualizado em 8 mar 2021, 12h03 - Publicado em 2 jul 2019, 10h37

Não. Quando o trânsito é causado por excesso de veículos (e não por acidente ou obra da pista, por exemplo), os carros mantêm a mesma velocidade média em todas as faixas. A impressão de que a fila ao lado está andando é só isso mesmo: impressão. “Escolha um veículo de referência e acompanhe seu deslocamento: não será tão diferente do seu”, sugere o engenheiro Luiz Vicente, especialista em trânsito e tráfego da Universidade Presbiteriana Mackenzie. 

  • Às vezes a fila do lado de fato anda mais rápido, mas é momentâneo. Acontece quando um carro muda de faixa, por exemplo: a faixa de que ele saiu anda um pouco mais – e a fila em que ele entrou trava por um tempo. A presença de um caminhão ou ônibus também não ajuda. O importante é que, em longo prazo, todos os motoristas tendem a manter velocidades parecidas. Mudar de faixa só aumenta o risco de causar um acidente – melhor sossegar.

    Publicidade