Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Leitores da SUPER ajudam a criar verbete sobre a revista na Desciclopédia

Por Otavio Cohen Atualizado em 21 dez 2016, 10h35 - Publicado em 18 ago 2011, 17h45

“Superinteressante? Já ouvi falar. É o nome de uma operação da Receita Federal?”. Esta é uma das dezenas de piadas adicionadas ao verbete da SUPERINTERESSANTE na Desciclopédia desde que a edição de agosto da revista chegou às bancas, ainda no final de julho. Os comediantes? Nossos leitores, convidados pela matéria Nerdpédia a contribuírem com bom-humor e total liberdade com o texto que apresenta a revista na enciclopédia virtual. E não deixaram barato.

“Menino! Traz alguma coisa pra forrar a gaiola do louro!”. Além das gracinhas escatológicas como esta, quem ajudou a escrever o verbete também explorou bastante as piadas internas típicas da Desciclopédia, como as frases famosas ditas pelo Padre Quevedo.

“A revista é tão Super, que somente quem tem muito tempo sobrando consegue ler de capa a capa”. A piada virou ironia. Os leitores que contribuíram provaram que conhecem bem a SUPER, citando matérias de edições antigas e falando sobre as mudanças editoriais na revista. As seções Essencial, Ciência Maluca, Oráculo, Contém e Zoom, que você já conhece da versão impressa, também foram citadas. Teve gente que se lembrou até mesmo de outra matéria sobre a Desciclopédia que a SUPER deu 2007.

TESTE: Você conhece bem a Desciclopédia?

(Veja as respostas do teste aqui.)

A repercussão nas redes sociais também foi boa. O leitor Paulo César, nosso fã no Facebook, curtiu a iniciativa: “Enquanto tem gente que prefere censurar seus verbetes na Desciclopédia, a Superinteressante dá um belo exemplo de ‘vamos brincar’”. Rodrigo Kaveski concordou: “Nada como rir de si mesmo”.

O verbete da SUPER na Desciclopédia continua aberto para visitação e edição.  Aproveite porque, no reino do nonsense, quanto mais idiota, melhor.

Continua após a publicidade
Publicidade