Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Turma do Fundão Por Blog Grupo de leitores-colaboradores da ME que ajuda a revista sugerindo pautas e alimentando este blog cultural

Semana de Halloween – 10 games que dão medo

Por turma-do-fundao Atualizado em 4 jul 2018, 20h33 - Publicado em 26 out 2015, 15h00

Gabriel_Fagundes Leticia_Helena2

amnesia

Os jogos eletrônicos conseguem nos fazem rir, muitas vezes chorar ou até sentir medo. Nos games classificados como survival horror, o terror psicológico e o suspense são elementos que fazem o jogador se sentir imerso no ambiente do jogo e, consequentemente, levar alguns sustos bem inesperados. É passando por situações macabras, resolvendo puzzles e desvendando mistérios que o jogador tem o objetivo de sobreviver, não importam os obstáculos.

Tornou-se um gênero tão importante que dedicamos esse tópico para eles, os melhores jogos de terror. Então sente aí e se prepare para uma dose de nostalgia, medo e curiosidade!

1) Slender: The Arrival

É com uma lanterna (que só ajuda no psicológico, porque na verdade ela ilumina menos que um pisca-pisca de Natal) que você, jogador corajoso, tem o objetivo de procurar 8 páginas em um acampamento desolado. Isso não seria problema se, para a alegria de Barney Stinson, um homem de terno não estivesse aparecendo e desaparecendo ao seu redor, sempre te assustando com o elemento surpresa.

Este é Slender: The Arrival, um jogo indie de survival horror desenvolvido pela PARSEC Productions e lançado em 2013 para Windows e OSX. Ele é baseado na lenda urbana do Slender Man (em português significa “homem esguio”), personagem fictício que nasceu como um meme em um fórum da internet. Apesar de ter se tornado popular por causa do jogo anterior, Slender: The Eight Pages (que alcançou 2,1 milhões de downloads na versão beta), esse homem alto e aterrorizante é também protagonista de diversas histórias e animações.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=8Yonw94OWtI?feature=oembed&w=500&h=281%5D

2) Alan Wake

A escuridão constante é o menor dos seus problemas em Alan Wake, jogo lançado em 2010 para Xbox 360. O maior problema mesmo são os lenhadores munidos com machados e motosserras atrás de você. Como se a intimidação natural pelo porte físico avantajado não fosse o suficiente, eles ainda são envolvidos por uma aura negra e, não raramente, aparecem com seus colegas igualmente amigáveis. Então não seja tímido e, quando se juntar à festa, deixe sua arma falar primeiro.

Esse survival horror gira em torno de Alan Wake, um escritor que está tentando descobrir os mistérios do desaparecimento de sua esposa. O game levou cinco anos pra ser criado e foi reverenciado pela sua narrativa fluida, que acontece por meio de episódios (como se fosse uma série de TV). Além das referências culturais presentes no jogo (elementos de Lost e Star Wars), ele possui um live action chamado Bright Falls.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=ogxZ2tH2CeM?feature=oembed&w=500&h=281%5D

3) Jogos Mortais II

Sabe aquele sonho ruim onde você está correndo desesperadamente pela sua vida, para então ser alcançado pelo perseguidor e acabar acordando suado em sua própria cama? Não muito diferente disso é ter um cara correndo atrás de você com duas lâminas no lugar das mãos. Pois é, seu pesadelo virou realidade em Jogos Mortais II: Flesh And Blood, jogo desenvolvido pela Zombie Studios e publicado pela Konami.

Esse jogo é a sequência de Saw: The Videogame e ambos fazem parte do mesmo universo ficcional da franquia de filmes. Foi lançado em 2010, ano que coincidiu com o lançamento do sétimo filme da série.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=z830aBdZ7tc?feature=oembed&w=500&h=281%5D

4) Resident Evil

Que dê o primeiro tiro no Nemesis quem nunca resetou o PlayStation de tanto medo ao jogar Resident Evil quando era criança. Além de ter inovado dentro da indústria de games em vários aspectos (tais como a câmera por cima do ombro e a organização do inventário em RE4), o jogo te coloca diante de chefões como o próprio Nemesis (em RE3) e Albert Wesker (em RE5), que parecem sentir cócegas ao serem atingidos pelas shotguns.

Essa franquia de jogos tão querida da Capcom nasceu em 1996 e foi criada por Shinji Nikami. Apesar de ter se originado como um game de survival horror, tornou-se tão popular que foi convertida em séries de livros e filmes. Embora os games de hoje estejam muito mais voltados para ação/tiro, os primeiros (e, mais especificamente, o jogo de estreia) permanecem extremamente assustadores. Ah, e o remake de RE1 chegou às lojas para a nova geração de consoles em janeiro.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=fpWTyGEseHA?feature=oembed&w=500&h=281%5D

5) Silent Hill

Mais medo que esse jogo, só quando sua mãe aparece na porta do quarto com um chinelo dizendo pra você sair da frente da TV. Mas não se preocupe, meu caro amigo gamer. Da próxima vez que isso acontecer enquanto está jogando Silent Hill, diga a sua mãe que o jogo foi inspirado nas pinturas de Francis Bacon. Não deixe de comentar sobre o seu amigo Pyramid Head, aquele cara que é bom na divisão (ele vai tentar te dividir também).

Sim, esse é Silent Hill, jogo eletrônico publicado pela Konami em 1999. O survival horror já tem seis jogos em sua franquia até o momento. No primeiro jogo, controlamos Harry, que vai com a sua esposa até Silent Hill para encontrar a filha e tirar umas férias bacanas (e bem macabras). Sem contar que vários filmes já foram feitos baseados no enredo do jogo.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=OxL1nxoRULQ?feature=oembed&w=500&h=281%5D
6) F.E.A.R.

Continua após a publicidade

É matando aparições que você, jogador de F.E.A.R., tem o objetivo de zerar o jogo usando apenas algumas armas nem tão sofisticadas. Mas não são essas armas que farão com que sua coragem permaneça intacta, muito menos os seus aid kits ou colete, já que tudo isso parece inútil quando você se depara com as salas manchadas de sangue no chão e no teto (pois é, também não entendemos o porquê do sangue no teto).

Esse é o First Encounter Assault Recon (para você que ficava matutando o significado dessa sigla), um survival horror em primeira pessoa publicado pela Vivendi Games em 2007.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=VCcVy8-nHOU?feature=oembed&w=500&h=375%5D

7) Amnesia: The Dark Descent

Com cicatrizes e remendos que deixariam o Frankenstein orgulhoso, os Gatherers são seus piores inimigos em Amnesia, jogo em primeira pessoa no qual dar uma olhadinha para trás vira um hábito constante. Estamos em 1839 e você controla Daniel, um jovem londrino. Quando ele acorda em uma sala do castelo de Brunnenburg, só se lembra de três coisas: seu nome, que vive em Mayfair e essa sensação de que algo está querendo lhe matar. Foi publicado pela Frictional Games em 2010.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=5eBX1fw3LhE?feature=oembed&w=500&h=281%5D
8) Outlast

Seu nome é Miles Upshur e você é um jornalista que decidiu investigar um misterioso manicômio onde um cara chamado “whistleblower” diz estarem acontecendo coisas terríveis. Você consegue entrar no local, mas dificilmente conseguirá sair. Ao andar pelos corredores, você encontra corpos mutilados, algumas TVs ligando sozinhas e uns pacientes que conseguiram escapar dos experimentos macabros que fazem por lá. Só uma nota importante (e assustadora): você não tem nada para se defender, só lhe resta fugir. Esse é Outlast, o survival horror publicado pela Red Barrels em 2013 e relançado para PS4 e XOne em 214.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=1Vcgdl4xQ18?feature=oembed&w=500&h=281%5D

9) Dead Space

Os recursos da Terra se esgotaram e campanhas de exploração de outros planetas parecem uma maneira promissora de sobreviver. Durante uma missão de exploração, perde-se toda a comunicação com uma nave mineradora que, quando se reestabelece, revela que toda a tripulação da nave foi massacrada.

Você está em uma nave próxima e foi mandado para investigar o que aconteceu. Quando chega lá, só encontra uma aeronave deserta e uma criatura sangrenta vagando pelos corredores junto de seus colegas, os Necromorphs, alienígenas que matam e infectam corpos humanos. O survival horror foi publicado pela EA em 2008 e tem mais dois jogos e alguns filmes animados.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=dnQfgaM_YiY?feature=oembed&w=500&h=281%5D

10) Penumbra Overture

Essa foi mais uma série de jogos desenvolvida pela mesma produtora de Amnesia, a Frictional Games. O jogador passava por vários momentos de medo e aflição durante as fases de escuridão total, com puzzles que ficam cada vez mais complexos. Controlamos Philip, que acabou de receber uma carta do suposto pai morto e vai atrás de informações (sabemos que isso nunca dá certo).

A interação com o ambiente e a mecânica do jogo impressionou e fez muita gente se arrepender de ter começado a jogar de madrugada. Foram lançados dois capítulos em 2007 e um DLC intitulada Penumbra: Requiem.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=lFI2QJuF6JE?feature=oembed&w=500&h=281%5D

MENÇÃO HONROSA: Alone In The Dark

Um artista renomado cometeu suicídio em sua mansão e tudo é muito misterioso. Você, jogador experiente na arte de levar sustos, assume o papel de um investigador particular à procura de um piano e de uma gravata (isso é coisa séria!).

Quando chegamos à casa, as portas começam a se fechar sozinhas e você, relutante, continua no seu caminho até o sótão, que parece longe demais a essa altura. Quando você menos espera, monstros começam a fazer seus primeiros ataques e então você começa a corrida pela sua vida.

Alone In The Dark foi o primeiro survival horror em 3D e foi lançado pela primeira vez em 1992, tendo recebido várias sequencias, além de gerar um filme levemente baseado nos games.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=JKpAyc_GvPg?feature=oembed&w=500&h=375%5D

MAIS SEMANA DE HALLOWEEN:
5 creepypastas bizarras de games
5 lendas bizarras dos anos 80
5 jogos macabros para te manter acordado à noite

Continua após a publicidade
Publicidade