GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

TdF Explica – A história de Ultron nas HQs da Marvel

Allan

ultron

Estreia amanhã em todo o Brasil o filme Vingadores: Era de Ultron, segunda aventura dos maiores heróis da Marvel na tela grande (os mais sortudos verão a pré-estreia hoje mesmo, dia 22/4). No longa, os heróis se reúnem para deter o robô rebelde Ultron, que deseja exterminar a humanidade do planeta.

Mas quem é Ultron no Universo Marvel? Nesse post, iremos resgatar a história do robô desde sua criação, nos anos 70, passando pelas histórias mais recentes até chegar a Era de Ultron, a saga recentemente estrelada pelo vilão. Embora o diretor Joss Whedon diga que a história do filme é “inédita” e que herda apenas o título da saga das HQs, com certeza veremos similaridades entre o Ultron de papel e o Ultron das telas. Portanto, spoilers são inevitáveis!

O COMEÇO

Avengers #54

Avengers #54

Ultron foi originalmente apresentado na revista Avengers 54, em julho de 1968. Ele fez sua estreia disfarçado de Manto Rubro, uma criação de Hank Pym (Homem-Formiga), com o corpo construído de uma variação do adamantium (o popular metal das garras do Wolverine).

Na edição seguinte, é revelado que o robô adquiriu consciência e se atualizou cinco vezes, razão pela qual é chamado de Ultron-5. Em sua rebelião, ele hipnotiza Pym, fazendo com que seu criador se esqueça de sua existência. Também hipnotiza Edwin Jarvis (o mesmo Jarvis da série Agent Carter e a inteligência artificial J.A.R.V.I.S. dos filmes do Homem de Ferro) com o propósito de transformá-lo em seu serviçal.

ANOS 70 E 80

Avengers 127

Avengers #127

A edição #127 de Avengers (setembro de 1974) conta com uma breve aparição do vilão. A trama envolve os preparativos para o casamento de Cristalys (inumana, também conhecida como Cristal – não confundir com a X-Man que tem o mesmo codinome) e Mercúrio. Após a chegada ao local, a Feiticeira Escarlate menciona o ataque do vilão Ômega contra os Alfas e sua suposta derrota. Momentos depois, eis que ressurge ninguém menos que o próprio Ômega, definido como “a soma do ódio de uma horda” atacando os presentes. Em questão de uma (e por sinal a última) página, é revelado que o inimigo é na verdade a reencarnação de Ultron, o Ultron-7.

Sua apresentação é mais explorada na edição 150 de Fantastic Four (setembro de 1974), que continua a história. Dando sequência aos eventos anteriores, Ultron foca no ataque “de dentro para fora”, tomando controle da mente de seus alvos. Em seu ato de dissolução de mentes, ele acaba acordando o pequeno Franklin Richards, que reflete o ataque contra o próprio robô. Sim, a mente de um garotinho salvou os Vingadores, o Quarteto Fantástico e os Inumanos.

Marvel

Marvel

Na edição #162 de Avengers (1977), fica claro o poder de influência de Ultron sobre seu criador, Hank Pym. Há uma incrível e dramática cena em que o Homem-Formiga transfere a vida de sua mulher Janet (a Vespa) para o corpo de Jocasta, uma robô “mulher” criada pelo vilão. O desespero de Hank e Janet fica fácil de ser sentido. Homem de Ferro e Thor se unem a Magnum e Pantera Negra, evitando a transformação por completo, mas Ultron escapa. O roteiro traz cenas de combate unidas a um diálogo incrível. Um bom final para uma excelente história.

Já em Avengers #171 (1978), o robô revela que resíduos da “essência vital” de Janet Pym possibilitaram a criação de Jocasta. Em seguida, o Homem-Formiga cria um tratamento capaz de imunizá-los (Vingadores) bioquimicamente contra os ataques de manipulação mental de Ultron. A partir daí, é revelado que, na verdade, Hank possui enorme poder sobre sua criação. Após derrotá-lo com a ajuda da Feiticeira Escarlate, Thor suga a energia de Ultron e o lança para o espaço. Os Vingadores vencem mais uma vez.

Fechando esse ciclo de histórias antigas de Ultron, temos a edição #202 de Avengers (1980). O roteiro é bem elaborado, contendo um combate que dura várias páginas, com direito a participações de Vespa, Homem de Ferro, Thor, Capitão América e Gavião Arqueiro. O robô (agora na versão Ultron-9) é derretido em um caldeirão de metal e fica claro que foi somente vencido “por ora”. Dá a entender desde o início que Ultron não pode ser vencido… não por completo.

ANOS 90 E 00

Novas versões de Ultron foram aparecendo ao longo dos anos. O Ultron-12 chegou a se aproximar do lado do bem, tentando estabelecer relações com Hank Pym. O Ultron-13 criou uma nova companheira, Alkhema, enquanto o Ultron-15 estava “infectado” com emoções humanas.

Uma das histórias mais bacanas do final dos anos 90 é a quadrilogia composta por O Mal Renovado, O Mal Se Propaga, O Mal Revelado e O Mal Triunfa!, publicada no gibi dos Avengers, edições 19 a 22 (1999). Trata-se de uma das histórias mais completas de Ultron, recomendada para quem quiser conhecer mais sobre o vilão.

Na história, Ultron-17 pulveriza uma cidade com o objetivo de criar uma base para seu novo mundo. Ele constrói centenas de novos Ultrons (com a aparição de até mesmo um Ultron-458) para tentar vencer os Vingadores, mas acaba derrotado por Hank Pym. Com traços realistas, a história apresenta mais fluidez que as antigas. Filtros coloridos são bem explorados em flashbacks, principalmente ao mostrar, no final da primeira história, Ultron visto através de uma televisão.

Cena de Avengers #20
Cena de Avengers #20 com o exército de Ultrons

Na década de 2000, Ultron voltou a fazer sucessivas aparições e a numeração deixou de ser usada depois do modelo 18. Em um arco da revista do Homem de Ferro, o vilão assumiu controle da armadura de Tony Stark e quase acabou com o herói. Essa saga está atualmente nas bancas em um encadernado da Panini. Mais tarde, Ultron liderou uma invasão alienígena à Terra na megasaga Aniquilação II: A Conquista (2006). Pouco tempo depois, Ultron jogou um exército de Jocastas contra Hank Pym.

A ERA DE ULTRON

O robô dizima o planeta em A Era de Ultron

O robô dizima o planeta em A Era de Ultron



Dividida em dez edições, A Era de Ultron (2013) marca o retorno de Ultron à sua missão de “purificar a Terra da praga humana”. A história se passa num futuro desolado em que Ultron devastou boa parte do planeta (matando muitos heróis no processo) e se tornou seu governante supremo.

Os heróis que sobrevivem agora vivem na marginalidade, esperando uma oportunidade para derrubar o vilão. Eles descobrem que Ultron está atacando a humanidade do futuro (seu conduíte com o presente é ninguém menos que um subjugado Visão). Junto a Nick Fury, os heróis decidem viajar para o futuro para encerrar o ataque. Paralelamente, contra a vontade dos demais, Wolverine decide voltar ao passado para matar Hank Pym e impedir que Ultron seja criado.

Um ponto interessante explorado é o conceito de duas realidades: a principal em que Ultron dominou o planeta (Terra-61112), e a antiga, no qual Wolverine vai e volta no tempo em sua tentativa de matar Hank Pym. Outro ponto forte é a variedade insana de heróis. Temos os X-Men, os Vingadores, o Homem-Aranha e vários outros, todos com papéis importantíssimos para o desenrolar do enredo. Essa é, com certeza, a história que mais me impressionou dentre todas citadas anteriormente.

Após o fim dessa saga, parece que Ultron foi derrotado definitivamente. Mas só parece. Em abril deste ano, aproveitando a onda do filme, a Marvel publicou nos EUA Rage of Ultron, a nova saga em que o vilão atrapalha a vida dos heróis. Trata-se de uma graphic novel em que Ultron toma controle do planeta natal de Thanos e cria nada menos que o Planeta Ultron.

E aí, o quanto dessas aventuras será que veremos no cinema? Fique ligado no blog para a resenha de Vingadores: Era de Ultron.

RAGEOFULTRON

Cena da graphic novel Rage of Ultron

NO BRASIL
Veja abaixo a publicação brasileira de algumas das histórias citadas.
Coleção Histórica Marvel – Os Vingadores, Vol. 4 (Panini) – reúne Avengers #127, #161-162, #170-171, #201-202, e Fantastic Four #150
Os Heróis Mais Poderosos da Marvel, Vol. 1 (Salvat) – reúne Avengers Vol. 3 #0, #19-22
A Era de Ultron (Panini) – reúne Age of Ultron #1-10, #10AI

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s